Pesquisa
Tome Nota
Lynk&Co escolhe Amesterdão para atacar Europa
17:08 - 03-10-2019
 
Lynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar Europa
Lynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar EuropaLynk&Co escolhe Amesterdão para atacar Europa

A espera será ainda longa mas, pelo menos, há já uma data mais ou menos definida para o lançamento europeu do crossover Lynk&Co 01: final de 2020!

Construído na plataforma que partilha com o novo Volvo XC40, a marca subsidiária da chinesa Geely escolheu Amesterdão, Holanda, para iniciar no Velho Continente a comercialização das versões híbrida e híbrida plug-in do SUV sino-sueco.

Ao potencial comprador não serão propostas mais do que seis versões do Lynk&Co 01 para controlar custos, reduzir dúvidas no cliente e eliminar atrasos de entrega.

Este último detalhe ganha particular importância quando está já decidido que o SUV apenas poderá ser adquirido através da internet. Em termos de exposição pública, a marca terá apenas duas bases fixas por país, complementando a oferta com apresentações itinerantes.

Muito pouca personalização será oferecida neste modelo, já que ele estará extremamente bem equipado, de acordo com o presidente da Lynk&Co. Alain Visser afirmou ao portal britânico Autocar que a qualidade intrínseca do SUV estará ao nível mais elevado em relação à concorrência directa.

"Não usaremos os serviços de manutenção regular como uma forma de obter lucro, como outros fazem", sublinhou o executivo, "por isso temos todo o interesse em fabricar carros com os mais elevados padrões de qualidade."

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.