Pesquisa
Salões
Construtores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a Europa
14:45 - 13-09-2019
 
Construtores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a Europa
Construtores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a EuropaConstrutores chineses em Frankfurt para "assaltarem" a Europa

Os construtores chineses são uma presença cada vez mais firme, por onde quer que se passe, e o Salão Automóvel de Frankfurt não foi excepção.

Nas várias apresentações feitas no certame germânico, talvez um dos projectos que mais interesse despertou tenha sido o projecto da Byton, com o seu M-Byte dirigido ao segmento premium.

Prestes a entrar na linha de montagem, o SUV 100% eléctrico de luxo da startup asiática deverá ser lançada em meados do próximo ano no mercado chinês, estando a sua chegada prevista para a Europa apenas em 2021.

Um delírio visual é o que se pode dizer do Hongqi S9, o híper carro desenvolvido pela FAW – First Automobile Works, que quase "apagava" o E115, o SUV conceptual que o construtor também estreou em Frankfurt.

Já a presença da Great Wall Motors, com a sua marca Wey, esteve longe de passar despercebida no certame alemão. Mesmo tendo de disputar as atenções com a Honda e a Ford, que tinham os seus stands bem ao seu lado, nem por isso os protótipos Wey-S e Wey-X deixaram de ser um chamariz bem apelativo.

O Wey-S, equipado apenas com motorização eléctrica, surge como o crossover que irá introduzir a nova geração do Wey VV5, tendo sido concebido para suportar um sistema semi-autónomo de condução de nível 4.

O Wey-X revela-se como uma proposta bem mais radical ou não tivesse ele sido concebido para suportar um sistema autónomo de condução de nível 5.

Esquisito o suficiente para mexer com os nossos sentidos é o protótipo que a San Yuan levou à Alemanha. Sem qualquer especificação técnica a ele associado, fica-se na dúvida se o modelo concebido em Taiwan irá receber um motor a gasolina com transmissão automática ou se será equipado com um propulsor eléctrico.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.