Pesquisa
Salões
Aiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na Europa
15:59 - 24-01-2020
 
Aiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na Europa
Aiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na EuropaAiways U5 chinês 100% eléctrico em Abril na Europa

Poderá ser um dos objectos de maior curiosidade no Salão Automóvel de Genebra. A chinesa Aiways leva à cidade suíça o seu SUV 100 eléctrico.

Singelamente baptizado de U5, a apresentação antecede a chegada do modelo, já em Abril ao mercado europeus.

Quase com as mesmas dimensões do Volkswagen Tiguan, o Aiways U5 é um SUV de tracção dianteira, propulsionado por um motor eléctrico alimentado por uma bateria de 65kWh.

A autonomia anda em redor dos 500 quilómetros segundo o ciclo NEDC, aguardando-se ainda o resultado dos testes realizados segundo a norma WLTP.

A produção para o Velho Continente deverá rondar, este ano, cerca de 2000 unidades, embora seja objectivo da marca chegar aos 50 mil SUVs.

Invulgar é que o Aiways U5 apenas estará disponível no mercado europeu em regime de locação e exclusivamente online.

Alexander Klose, responsável da divisão internacional da marca, afirma que o custo mensal de aluguer deverá ser inferior a 400 euros, para um SUV que está valorizado em redor dos 35 mil euros.

O executivo indica ainda que, por aquele valor, o cliente acede aos benefícios e equipamentos próprios de um modelo ‘premium’ pelo custo de um típico familiar.

É objectivo da marca chinesa, num futuro próximo, propor uma versão com uma bateria menor para reduzir ainda mais o preço do veículo, justificando que a maioria do seu público-alvo não precisa de uma autonomia tão alargada nas suas deslocações diárias.

A Aiways espera oferecer uma bateria menor para reduzir ainda mais os custos, porque diz que a maioria das pessoas simplesmente não precisa do tipo de faixa oferecida para o uso diário.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.