Pesquisa
Quando o telefone toca

Quando o telefone toca

17:19 - 14-11-2016
165
No dia seguinte ao GP México, tocou o telefone do sr. Jos Verstappen. O holandês atendeu e do outro lado estava o sr. Toto Wolff. Os pormenores do diálogo ficam entre os dois, mas o tema e o propósito da chamada do director da equipa Mercedes são públicos e não foram desmentidos: sensibilizar o sr. Jos quanto à necessidade deste advertir o filho, Max, para não interferir na luta entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton pelo título de campeão do Mundo.

O episódio mereceu reparos de Chris Horner, director da Red Bul, e de Daniel Ricciardo. Em síntese, Wolff devia concentrar-se apenas na gestão da própria equipa e não em tentativas de condicionamento alheio. Mais: o jovem holandês está a fazer excelente trabalho na equipa das latinhas de bebida energética. Ricciardo foi claro nos comentários, lembrando que os pilotos estão em pista para competir e não para conduzir em ritmo de cruzeiro enquanto os dois senhores da Mercedes tratam de assuntos superiores.

Chegou o GP Brasil e com ele a resposta de Max Verstappen. O miúdo precisou apenas de alguns metros na pista alagada de Interlagos para ultrapassar Kimi Raikkonen, dedicando-se depois à 'caça' do 2* lugar, ocupado por Nico Rosberg. A missão seria bem sucedida sensivelmente a meio da corrida, depois de fantástica ultrapassagem ao alemão, e só não teve êxito absoluto porque a estratégia da Red Bull (e dos pilotos) na escolha dos pneus foi algo optimista e obrigou a passar da mistura intermédia para as borrachas de rasgos desenhados para a chuva.

Verstappen era 2* quando entrou na via das boxes pela última vez e 16* quando voltou à pista. Faltavam 15 voltas para a bandeira xadrez e o que veio a seguir foi só o melhor 'show' que a F1 nos ofereceu esta temporada. Ultrapassagens por dentro, por fora, agressividade sem maldade, domínio do carro em situação extrema, ritmo avassalador e um prémio final: o 3* lugar, que Super Max, The Rain Man, havia de classificar como vitória.

Por muito que os 'haters' possam espumar, está na forja um campeão do Mundo. E com espectacular estilo de pilotagem. Já o sr. Wolff pode continuar a telefonar para o sr. Jos. Dá resultado.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
10:50 05-12-2016
0
0
17:19 14-11-2016
0
10
18:36 04-10-2016
0
20
17:13 20-09-2016
0
2
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.