Pesquisa
Novos Modelos

Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"

16:44 - 23-07-2020
 
Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"
Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"Land Rover Defender é agora um "eléctrico" duro para o "fora de estrada"

O novo Defender foi uma surpresa muito bem-vinda por parte da Land Rover mas há ainda muitos admiradores do 'todo o terreno' que têm na anterior geração o modelo de eleição, principalmente a variante 90, correspondente à plataforma mais curta.

Pois a Twisted Automotive decidiu revigorar a paixão dos fãs – pelo menos os dos Estados Unidos – com uma nova edição desse mítico modelo, mas agora em modo 100% eléctrico.

Uma surpresa numa montadora que se destacou no meio automóvel quando decidiu instalar um motor de 650 cv do Chevrolet Corvette sob o capô de um Defender 90 NAS (North American Specification) com capota flexível.

Limitado a 30 exemplares, o Twisted NAS-E 4x4 será construído à mão e numerado para confirmar a sua exclusividade. Serão duas versões 100% eléctricas, com o motor Remy BorgWarner do NAS-E a oferecer 217 cv de potência e 380 Nm de binário. A variante NAS-E Plus aumenta a potência para 325 cv e o binário para 420 Nm.

A energia é assegurada por uma bateria de 60 kWh, prometendo uma autonomia ligeiramente superior a 320 quilómetros. O sistema de recarga de 22 kW é de série, estando igualmente disponível uma opção para carregamentos rápidos.

As alterações mecânicas, no entanto, não se verificam apenas ao nível do motor. A Twisted Automotive também actualizou a suspensão com amortecedores com válvulas pneumáticas personalizadas para tracção superior e reduzir os riscos de subviragem.

O sistema de travagem que equipa o modelo original com motor térmico foi substituído à frente com travões de seis pistões Twisted Performance, enquanto atrás estão travões de quatro pistões equipados com pastilhas RS29 de uso intenso.

Além disso, ambas as versões contam agora com sistemas ABS e controlo de tracção, com a tracção às quatro rodas a possuírem uma transmissão directa com reduções de marcha através de uma caixa de transferência progressiva para "altas" e "baixas".

Todos os 30 exemplares estão "calçados" com jantes Twisted Sport prateadas e uma área frontal Twisted Stage On, assim como barras de protecção e capota Biminie. A variante Twisted NAS-E Plus inclui ainda barra frontal em metal escovado, soleiras laterais e barra para holofotes.

O interior também foi significativamente melhorado com três bancos à frente em pele creme, com apoios de cabeça destacáveis e detalhes em Alston Alcantara.

O ecrã táctil de infoentretenimento permite a gestão da navegação e do sistema eléctrico, com o ‘4x4’ a ganhar ainda câmara retrovisora com grande angular, ar condicionado e sistema áudio personalizável de oito canais.

Falta agora saber se o 'fora de estrada' vale os 160 mil euros pedidos para a versão NAS-E ou 181 mil euros para a variante NAS-E Plus.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.