Pesquisa
Novos Modelos

Ford Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversões

17:37 - 23-11-2020
 
Ford Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversões
Ford Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversõesFord Ranger com nova cabine está apta para todo o tipo de conversões

A Ford avançou com um novo chassis de cabine para a sua pick-up Ranger para o ramo profissional, pronta para qualquer conversão especializada. 

Dirigida especialmente aos ramos da construção civil, silvicultura, serviços de emergência ou mesmo militar, a Ford Ranger de tracção integral, é proposta nas versões de cabine única ou na série XL.

O desenho da cabine permite um comprimento máximo de conversão de 2.518 mm na superfície plana traseira para ser trabalhada pelos conversores. 

Conversões como carroçaria de caixa ou basculantes, ou para comportar equipamentos como gruas são algumas das aplicações ideais para a Ford Ranger. 

A suspensão traseira foi também reforçada para suportar um peso bruto máximo até 3.270 quilos e uma capacidade de reboque até 3.500 quilos. 

Além disso, está preparada para passagens a vau até 80 cm de profundidade e 23 cm de distância da plataforma ao solo antes da conversão, dispondo ainda de uma pequena saliência frontal para optimizar os ângulos de aproximação. 

Os potenciais clientes beneficiarão, igualmente, da rede europeia de mais de 160 conversores certificados da Ford, para fornecer alterações por medida ao veículo com garantia aprovada.

A equipar a Ford Ranger está o bloco diesel EcoBlue de 2.0 litros, com 170 cv de potência e 420 Nm de binário, aliado a uma transmissão manual de seis velocidades. 

Um modo de condução de série, seleccionável na consola central, permite aos condutores optar entre as tracções traseira ou integral consoantes as condições do piso. 

Um sistema de tracção específico às quatro rodas em mudanças reduzidas permite melhorar o seu desempenho em superfícies íngremes ou pisos difíceis como lama ou cascalho. 

O novo chassis de cabine da Ford Ranger estará disponível para encomenda a partir de Janeiro próximo, embora não tenham sido ainda definidos preços para o nosso país. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.