Pesquisa
Actualidade
Jon Olsson criou Mercedes G500 4×4² ‘Safari’ com 850 cv
17:59 - 13-05-2019
 
Jon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cv
Jon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cvJon Olsson criou Mercedes G500 4×4²  ‘Safari’ com 850 cv

O Mercedes G500 4×4² é um dos todo-o-terreno mais radicais que o dinheiro pode comprar, mas isso não chegou para convencer Jon Olsson, YouTuber e antigo esquiador profissional, que o quis transformar numa proposta ainda mais extrema.

O primeiro passo foi falar com os holandeses da Absolute Motores, que transformaram o "Lord Hans" – como é conhecido este "monstro" – numa proposta ainda mais impressionante. Isso chegou para convencer Olsson durante alguns meses, até o sueco perceber que queria algo diferente.

É aqui que entra em cena a DT Mobility, empresa que transformou este Mercedes G500 4×4² num descapotável. À excepção do pilar A e dos vidros laterais, tudo o que estava acima das portas foi cortado, com o pára-choques dianteiro a ser substituído por uma solução bastante mais baixa, criando um "look" mais desportivo.

Mais uma vez, o "problema" ficou resolvido durante mais uns meses, até que o sueco anunciou que o Classe G ia "entrar novamente em obras", que é como quem diz, ia dar origem a algo ainda mais impressionante.

Agora, e depois de vários meses sem saber o que Jon Olsson e a DT Mobility estavam a preparada, foi apresentada a mais recente (e radical!) versão do "Lord Hans", que entra directamente para a lista dos Mercedes Classe G mais impressionantes da história.

Uma vez que a versão do G500 sem qualquer tipo de tejadilho ou cobertura não era a solução mais prática do mundo, sobretudo quando chove, a DT Mobility criou uma estrutura de raiz, com cobertura, que permite que este "monstro" seja usado durante todo o ano.

Mas as alterações não ficaram por aqui. O carro foi novamente pintado, desta vez de branco, e decorado com os grafismos da marca de vestuário de Jon Olsson, a "C’est normal". A capota é preta e contrasta com vários detalhes em branco que não passam despercebidos. Falamos das molas pintadas de branco, da inscrição "C’est normal" nos pneus e das ponteiras de escape da Akrapovic com a gravação Olsson.

Avançando para o interior, é impossível não reparar na combinação de fibra de carbono exposta com a pele dos bancos e o branco de alguns contornos. Isto já para não falar da madeira que compõe a moldura em torno da carroçaria e na secção traseira.

O motor continua a ser o mesmo V8 biturbo de 4.0 litros que encontramos no G500 4×4² convencional, mas este sistema foi modificado e passou a produzir uns impressionantes 850 cv de potência.

O Classe G mais radical de sempre?

Resta agora decidir se este G500 é ou não o Classe G mais radical de sempre. Convém não esquecer que em 2017 ficámos a conhecer o Mercedes-Maybach G650 Landaulet, um descapotável limitado a apenas 99 exemplares, cada um com um preço de 758 mil euros e equipado com um imponente motor V12 biturbo de 6.0 litros que debita 630 cv de potência e 1.000 Nm de binário máximo.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.