Pesquisa
The Weeknd dança com 20 Mercedes SL no Billboard Music Awards

Vinte Mercedes SL a "dançarem" Save Your Tears cantado por The Weeknd? Sim, é possível, e aconteceu no fecho do Billboard Music Awards no último fim-de-semana. 

E, apesar dos riscos para o cantor canadiano, todo o acto foi filmado ao vivo, numa coreografia fantástica, no parque de estacionamento onde iria realizar-se o evento. 

Este é o segundo vídeo com Mercedes que protagoniza, depois de ter dado a cara na campanha promocional do novo "eléctrico" EQC da marca alemã no ano passado a cantar Blinding Lights

Produção arrojada... e perigosa!

The Weeknd arranca no vídeo a bordo de um Mercury Monterey, para depois ser "perseguido" por duas dezenas de Mercedes SL e de um SL 'Pagode'. 

Poucos minutos depois, é flanqueado por quatro enormes camiões semi-atrelados e pelos mesmos 21 desportivos. 

Charlie Morse desenhou o roteiro e Alex Lill dirigiu o vídeo. A ideia? Fazer um espectáculo em tudo semelhante aos musicais sincronizados dos anos 30 realizados por Busby Berkeley. 

Lill e Morse trabalharam em estreita colaboração com Charles Grisham, coordenador de 'duplos' em filmes como O Cavaleiro das Trevas Renasce ou Jackass

Uma equipa de 21 pessoas foi criada e, durante dois dias, ensaiaram intensamente antes da apresentação de The Weeknd, que venceu dez das 16 categorias para que estava nomeado no Billboard Music Awards. 

Como encontrar 20 Mercedes SL? 

Mas antes mesmo que os ensaios pudessem começar, o produtor Brendan Garrett tinha uma difícil missão pela frente: encontrar 20 Mercedes SL vermelhos e brancos. 

"Foi a todos os concessionários automóveis mais importantes e todos disseram: 'Boa sorte, isso nunca vai acontecer!' ", explicou Alex Lill. 

Através dos anúncios de particulares que os tinham em portais de venda online, lá conseguiu encontrar os carros de que precisava em quatro dias, mas muitos estavam em condições mecânicas deploráveis. 

Uma equipa de mecânicos da Nascar recuperou-os no local das filmagens e manteve-se atenta para que nenhum avariasse. 

Um dos pontos a que tinham de estar atentos era que os travões de todos eles tivessem a mesma a mesma afinação, para garantir a coordenação das acrobacias sem qualquer margem de erro. 

A cada ensaio, carros e camiões andavam cada vez com mais velocidade; chegaram aos 40 km/hora! E, no dia anterior às filmagens, Alex Lill decidiu levá-los para mais perto de The Weekend.

Gozo pelo risco

"Podemos fazer disto um pouco mais perigoso para que fique mais divertido?", perguntou o realizador ao cantor; ele nem sequer hesitou! 

Originalmente, The Weeknd ia protagonizar o vídeo a bordo do Mercury Monterey a andar à frente dos carros, mas Charlie Morse achou que não era estimulante o suficiente. 

"Havia muita confiança. Ele não estava minimamente nervoso, o que nos assustou" sublinhou Morse. 

"Os carros e os camiões passavam muito depressa, mas ele manteve a compostura. Caminhou devagar e simplesmente não olhou para trás. Foi incrível!". 

Lill e Morse trabalham com The Weeknd há mais de um ano, o que justifica a confiança que o cantor deposita na dupla… mesmo em situações de alto risco! 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.