Pesquisa
M5 CS já foi apresentado; eis o BMW mais potente de sempre

As primeiras imagens do novo BMW M5 CS, que caíram terça-feira nas redes sociais, já tinham antecipado a verdadeira "besta" que era o super carro da marca de Munique. 

E tudo coincide com o anúncio feito pela BMW esta quarta-feira, para a berlina coupé de "produção mais rápida e poderosa de todos os tempos". 

Mecânica superlativa

 O M5 CS guarda um motor V8 biturbo de 4.4 litros, ajustado para produzir 636 cv e 750 Nm. A potência e o binário atiram-no em três segundos para os 100 km/hora, e em 10,3 segundos até aos 200 km/hora. 

Se não quiser levantar o pé do acelerador, pode vê-lo a galgar alcatrão para bater nos 305 km/hora de velocidade máxima. 

Acoplados à transmissão automática M Steptronic de oito velocidades com Drivelogic está o sistema M xDrive de tracção às quatro rodas com inclinação traseira e diferencial M activo, à semelhança do M5 convencional. 

Significa isso que o condutor pode escolher entre os modos de condução 4WD e 4WD Sport, e, caso queira fazer derrapagens controladas, pode também optar pelo modo 2WD

Quanto aos arranjos técnico-mecânicos, e uma vez que se baseia no M5 Competition, o M5 CS apresenta montagens no motor mais rígidas e molas mais firmes. 

A barra estabilizadora é mais robusta e os amortecedores que foram desenvolvidos para o M8 Gran Coupé permitiram baixar o centro de gravidade em sete milímetros. 

A engenharia não parou por aí porque as alterações introduzidas nas molas e no sistema de controlo dinâmico de amortecimento aproveitaram o menor peso do M5 CS; sempre são menos 70 quilos do que a variante em que se baseia. 

Para essa redução de peso contribuíram os inúmeros componentes plásticos reforçados com fibra de carbono, como o capô, o tejadilho, o divisor dianteiro, as molduras dos espelhos laterais, e os difusor e asa traseiros. 

A somar a essa dinâmica estão os pneus Pirelli P Zero Corsa (275/35 R20 à frente e 285/35 R20 atrás) que calçam as jantes M forjadas de 20 polegadas. 

Estética agressiva quanto baste 

Quanto à estética, o super coupé irá distinguir-se na estrada pela grelha do motor e pelas jantes bordadas em bronze dourado. 

Atrás das rodas distinguem-se os travões cerâmicos, que podem ser apoiados por pinças em vermelho ou douradas. Os faróis LED, com feixe luminoso amarelo, são directamente inspirados nos carros de competição. 

As cores à escolha para o M5 CS são algo limitadas já que apenas estarão disponíveis os tons cinza metalizado Brands Hatch e Frozen Brands Hatch, assim como o verde metalizado Frozen Deep

Olhando para o interior, distinguem-se de imediato os bancos dianteiros, eléctricos e aquecidos, em fibra de carbono, com logótipos M5 iluminados do M5, e atrás dois assentos individuais 

Os bancos são envolvidos em pele Merino preta, com acabamentos em vermelho Mugello, e pespontos contrastantes, também a vermelho. 

A fazer a ligação às pistas de corrida, os encostos de cabeça estão decorados com o mapa da Nordschleife de Nürburgring. 

O forro do tejadilho é também em alcantara, e cintos de segurança M apresentam costuras tricolores. Tapetes especiais e placas iluminadas com o símbolo M5 CS nas soleiras das portas completam o conjunto. 

Um posto de condução emocionante 

Em frente ao "posto" de condução está um volante M, envolvido em alcantara, com patilhas em fibra de carbono para engrenar com mais emoção as oito velocidades.

Essa vontade de acelerar, principalmente em pista, é suportada pela selecção dos modos Road, Sport ou Track através do botão M na consola central. 

O painel de instrumentos digital, de 12, 3 polegadas, permite acompanhar ao pormenor como o coupé está a desenvencilhar-se na estrada, através do velocímetro e do conta-rotações M. 

Alertas luminosos assinalam as passagens de caixa, a pressão do turbo, a temperatura do líquido de arrefecimento, aceleração longitudinal e transversal e o estado dos pneus, entre outras informações. 

Ao centro do tabliê está o ecrã táctil digital, também de 12,3 polegadas, para o sistema de infoentretenimento, e um sistema automático de controlo de temperatura com detalhes em fibra de carbono e alumínio escuro. 

Um sistema de iluminação ambiente e um carregador de telemóvel sem fios, assimo como o sistema de som Harman Kardon garantem a exclusividade dos acabamentos. 

Não está ainda definida a data de chegada do BMW M5 CS ao nosso país, embora deva acontecer no início da Primavera. 

Com um preço de 180.400 euros na Alemanha, o super desportivo deverá ser apreçado por mais de 220 mil euros nos concessionários nacionais. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.