Pesquisa
Tome Nota

Novos radares irão gerar 13 milhões de euros de receita

18:23 - 12-10-2021
 
Novos radares irão gerar 13 milhões de euros de receita

O Governo estima que a aquisição de novos radares de controlo de velocidade, prevista para o próximo ano, terá um impacto nas receitas em redor dos 13 milhões de euros, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2022. 

"O investimento em sistemas de tecnologia de informação e comunicação previsto para 2022 levará a um aumento de receita bastante significativo", refere o documento do Executivo de acordo com a nota da agência Lusa. 

Essa previsão assenta, essencialmente, na expansão da Rede Nacional de Fiscalização Automática de Velocidade (SINCRO) com a aquisição de novos radares, podendo ter um impacto na receita a rondar os 13 milhões de euros. 

A proposta do Governo sublinha que o investimento em sistemas de tecnologia de informação e comunicação passará também pelo desenvolvimento do Sistema de Contra-Ordenações de Trânsito (SCOT+). 

Essa aposta deverá gerar uma poupança na ordem dos 2,4 milhões de euros, por via da desmaterialização do processo contra-ordenacional. 

Na área dedicada à segurança rodoviária, o Executivo indica que pretende reforçar a "fiscalização das condições de segurança das infra-estruturas e das infracções por velocidade". 

A medida, que passa pela expansão da Rede Nacional de Fiscalização Automática de Velocidade, será acompanhada por iniciativas que visam "aumentar a eficiência do sector, nomeadamente, no levantamento das ocorrências dos acidentes rodoviários no processo contra-ordenacional". 

Em 2022, o Executivo vai dar continuidade à execução da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária 2021-2030 – Visão Zero 2030. 

A estratégia baseia-se "no sistema de transporte seguro e na visão zero como eixos fundamentais estruturantes dos objectivos e medidas de prevenção e combate à sinistralidade na rede rodoviária a estabelecer e implementar". 

A proposta frisa que está alinhada com as políticas europeias e mundiais de segurança rodoviária, sendo atribuída prioridade ao uso do transporte público e de formas de mobilidade sustentável nas zonas urbanas". 

Nesse sentido, serão desenvolvidos, em estreita articulação com as autarquias locais, planos e intervenções de mobilidade e segurança nas infra-estruturas rodoviárias, integrando e compatibilizando os vários meios de transporte e utilizadores. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
comentário mais votado
Publico Jornas   09:31 - 13-10-2021
Está tudo dito. O objectivo não é disciplinar as pessoas a cumprir as regras, mas sim o saque ao bolso das pessoas. A caça a multa no seu melhor. Continuem a votar em ladrões e depois queixem-se!
José Barreira   16:37 - 14-10-2021
VOTAR
Espero não contribuir para esta previsão de receita, há muitos anos que não pago multas.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
caetano armando   15:35 - 14-10-2021
VOTAR
UM PENEU VELHO 0.5 LITRO DE GASOLINA
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
André Silva   13:34 - 14-10-2021
VOTAR
Não há dinheiro que chegue a estes chulos!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
JAIME SALINAS DE MOURA   13:07 - 14-10-2021
VOTAR
CONTINUEM A DEIXAR ENTRAR ESSES SELVAGENS NA EUROPA, - À NOSSA CISTA, ,AINDA POR CIMA, E NÃO DEPORTEM OU ELI ELIMINEM OS QUE JÁ CÁ ESTÃO...
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Estevão Fortes   00:38 - 14-10-2021
VOTAR
Pela notícia vesse que o que interessa é o dinheiro. colocam os radares já pensando no lucro. Vão mais é arranjar as estradas desburacadas e com falta de sinalização e iluminação desse país.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
saraiva14   21:39 - 13-10-2021
VOTAR
E com isso é que o Governo Xuxialista se preocupa! Aumentar as receitas fiscais à custa do sistema de multas!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
José Carlos Anjos Pereira   21:13 - 13-10-2021
VOTAR
Muita Falta fazem em Guimarães.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Braveheart79   19:49 - 13-10-2021
VOTAR
Não adianta colocar mais radares quando ministros vão a 200 km/h e nada lhes acontece
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
qwer asdd   17:11 - 13-10-2021
VOTAR
Continuem a votar nesta gente e irão perder a pouca liberdade e dinheiro que ainda vos resta!!!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Pedro filipe Guerra craveiro   15:20 - 13-10-2021
VOTAR
Exemplo a descer no aqueduto para a ponte 25 de Abril, radar de 60 km sem existir circulação de pessoas em áreas proximas é mais periogoso os acidentes para reduzir a velocidade para não ter multa do que ir a 90 km nesse local só podem estar a gozar
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
ildefonso guimaraes   13:54 - 13-10-2021
VOTAR
E segundo parece, como habitual, é quase tudo na área da grande Lisboa. Que tal começar a descentralização pelos radares?
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Jorge manuel rodrigues   13:22 - 13-10-2021
VOTAR
mais do mesmo a caça a multa em vez de educar.. alguem tem de pagar
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Joao Viegas   10:43 - 13-10-2021
VOTAR
Mais do mesmo!! Os 120km/h veem do tempo do "calhambeque" que não havia qualquer sistemas de protecção, os carros nem cintos de segurança traziam! Hoje em dia qualquer "Porra Velhos" dá 120km/h! As qualidade das estradas/sinalização tambem melhoraram!! 120km/h... por favor!! CAÇA Á MULTA!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
+FRUTATOMECAFÉEMVIGO   10:07 - 13-10-2021
VOTAR
Isto ñ é gerar RECEITAS, É CAÇA À MULTA, por outras palavras: MAIS DO MESMO, ESTÃO A ROUBAR OS PORTUGUESES...
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Publico Jornas   09:31 - 13-10-2021
VOTAR
Está tudo dito. O objectivo não é disciplinar as pessoas a cumprir as regras, mas sim o saque ao bolso das pessoas. A caça a multa no seu melhor. Continuem a votar em ladrões e depois queixem-se!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Manuel Peñascoso   02:56 - 13-10-2021
VOTAR
Quando a receita se sobrepõe à segurança abre a porta ao vandalismo dos radares.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.