Pesquisa
Tome Nota

Aposta na globalização: Renault e Geely vão fabricar motores em conjunto

14:06 - 08-11-2022
 
Aposta na globalização: Renault e Geely vão fabricar motores em conjunto

A Renault e a Geely vão produzir em conjunto motores térmicos, híbridos e híbridos plug-in, assim como transmissões, anunciaram esta terça-feira em comunicado os fabricantes francês e chinês.

Esta é apenas a mais recente das várias parcerias firmadas entre construtores para suportar os custos para a transição eléctrica no sector automóvel.

O consórcio agora criado tem em vista a construção de 17 fábricas em três continentes, capazes de produzir anualmente cinco milhões de motores.

Associado ao negócio está ainda a criação de cinco centros de investigação e desenvolvimento, e a contratação de 19 mil pessoas.

A Renault e a Geely não detalharam valores do investimento mas destacaram no comunicado conjunto que a nova parceria será detida em 50% por cada um dos grupos automóveis.

A parceria agora firmada integra o plano estratégico Renaulution definido pelo construtor gaulês em 2021, com o grupo chinês a beneficiar na transição para os serviços inteligentes da mobilidade eléctrica.

As construtoras automóveis estão a formar parcerias para partilharem os elevados custos associados ao desenvolvimento de veículos eléctricos e motores a gasolina mais eficientes, como parte da transição do sector.

O acordo entre a Renault e a Geely "irá vai permitir a criação de um líder global em tecnologias híbridas, para fornecer soluções avançadas altamente eficientes para as construtoras de todo o mundo", afirmou no mesmo comunicado Eric Li, presidente da Geely Holding Group.

O consórcio irá fornecer marcas da Renault e da Geely – Nissan, Mitsubishi, Volvo Cars, Renault, Dacia, Geely Auto, Lynk & Co. e Proton – estando ainda em vista o fornecimento de marcas de terceiros numa segunda fase.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.