Pesquisa
Tome Nota

Baterias para ''eléctricos'': Sines poderá acolher fábrica da chinesa CALB

12:40 - 03-11-2022
 
Baterias para ''eléctricos'': Sines poderá acolher fábrica da chinesa CALB

Portugal poderá vir a receber uma fábrica de baterias para automóveis eléctricos da China Aviation Lithium Battery Technology (CALB) num futuro próximo.

A fabricante chinesa revelou, em comunicado à bolsa de valores de Hong Kong, que assinou esta quarta-feira um memorando de entendimento com uma subsidiária da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

A concretizar-se o projecto, a Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS) poderá ser o local privilegiado para a instalação da unidade fabril, com a abertura a estar prevista para 2025.

O acordo com a AICEP Global Parques prevê a aquisição de "direitos de superfície, com o objectivo de montar uma fábrica de ponta mundial altamente inteligente, informatizada e automatizada, com zero emissões de carbono", sublinhou a CALB no comunicado.

Não foi assinado ainda "um acordo legalmente vinculativo", como explica a empresa, pelo que "a cooperação contemplada no memorando de entendimento pode ou não avançar".

"Sines é uma das localizações privilegiadas pela CALB, uma vez que temos aqui todas as condições, mas é apenas a primeira intenção", afirmou Nuno Mascarenhas, presidente da câmara de Sines, à agência Lusa.

"A fábrica ocupará uma área de cerca de 100 hectares", mas, como a AICEP Global Parques "não tem esses hectares disponíveis", está a ser feito "um trabalho paralelo" para garantir a instalação da unidade na ZILS.

A partir do momento em que os terrenos possam passar para a gestão da AICEP Global Parques, "haverá condições para desenvolver o projeto e assinar os acordos definitivos", observou o autarca.

A CALB referiu ainda que a eventual instalação de uma fábrica em Portugal faz parte de uma estratégia para criar "bases industriais na Europa".

Recorde-se que, em Dezembro último, a fabricante chinesa anunciou a assinatura de um acordo com a consultora alemã Drees & Sommer.

Em causa está o planeamento da sua primeira fábrica na Europa, capaz de produzir anualmente baterias com uma capacidade total de 20 GWh.

A associação industrial China Automotive Power Battery Industry Innovation Alliance indica que, em 2021, a CALB foi a terceira maior fabricante chinesa de baterias para automóveis eléctricos.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.