Pesquisa
Tome Nota

ANSR: menos mortes e acidentes na operação de Ano Novo

16:35 - 03-01-2022
 
ANSR: menos mortes e acidentes na operação de Ano Novo

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) registou menos dois mortos e mais 19 feridos graves na operação Ano Novo face ao mesmo período do ano passado. 

Na acção de segurança rodoviária, que decorreu entre 28 de Dezembro e 2 de Janeiro, foram registados 1.469 acidentes, uma descida de 5,5% em relação a 2020, indica a agência Lusa. 

Num comunicado de balanço sobre a campanha de segurança rodoviária O Melhor Presente é Estar Presente, no Ano Novo, a ANSR refere que se registaram nas estradas portuguesas cinco vítimas mortais, menos duas do que em igual período do ano passado. 

A ANSR, que engloba os dados contabilizados pela PSP e GNR, avança que, no mesmo período, registaram-se 35 feridos graves e 414 feridos ligeiros, mais 19 e 51 que no período homólogo, respectivamente. 

Ainda de acordo com aquela entidade, o número total de acidentes foi de 1.469, menos 5,5% do que em igual período do ano passado. 

As cinco vítimas mortais resultaram de cinco desastres, ocorridos a 29 e 31 de Dezembro nos distritos de Porto e Santarém, e a 1 e 2 de Janeiro nos distritos de Viana do Castelo, Guarda e Lisboa. 

A ANSR precisa que, entre as vítimas mortais, estão um peão por atropelamento, três condutores em resultado de despistes de motos, e um condutor de veículo ligeiro num choque em cadeia. 

No comunicado divulgado esta sexta-feira, é indicado que a PSP e a GNR fiscalizaram, naquele período, mais de 2,1 milhões de veículos, quer presencialmente, quer através de controlo por radar. 

Relativamente à velocidade, foram fiscalizados 2.099.210 veículos, dos quais 1.954.322 pelo SINCRO (Sistema Nacional de Controlo de Velocidade) da responsabilidade da ANSR, traduzindo-se num aumento de 30,3% face a igual período do ano anterior. 

Dos veículos fiscalizados por radar, 9.183 circulavam em excesso de velocidade, 3.162 dos quais foram detectados pelos radares da GNR e da PSP, e 6.021 pelos da ANSR. 

É ainda indicado que as autoridades policiais detiveram 326 pessoas por estarem a conduzir com excesso de álcool. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.