Pesquisa
Actualidade

Alfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricos

17:38 - 08-11-2021
 
Alfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricos
Alfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricosAlfa Romeo: futuros Quadrifoglio serão 100% eléctricos

Os puristas da Alfa Romeo não vão dormir em sossego com a quase certeza de que será eléctrica a próxima geração do Quadrifoglio. 

Para acalmar os espíritos, Jean-Philippe Imparato, presidente da marca trasalpina, já garantiu que o ADN do desportivo continuará presente, mesmo sem o bloco V6. 

Segundo o portal britânico Autocar, o primeiro Alfa Romeo 100% eléctrico a ser lançado em 2024 terá, muito provavelmente, uma variante Quadrifoglio. 

Antes, no entanto, chegará o Tonale em meados do próximo ano, com o SUV a receber uma motorização híbrida plug-in

O primeiro modelo totalmente eléctrico, que até poderá chamar-se Brennero, deverá ser um crossover que partilhará a plataforma da Stellantis para o Peugeot 2008, Opel Mokka e DS 3 Crossback. 

Além da variante "emissão zero", Imparato sugeriu ainda uma versão híbrida que combina um motor a gasolina a dar tracção às rodas dianteiras. 

O propulsor eléctrico montado no eixo traseiro permitirá ao veículo beneficiar da tracção às quatro rodas. 

Se a Alfa Romeo avançar com as versões Quadrifoglio desses futuros modelos, a eficiência energética está quase assegurada, embora a variante desportiva perca muito do seu carácter. 

Além do peso extra que as baterias irão impor, o pequeno SUV também precisará de uma suspensão específica, travões com melhor desempenho e um pacote aerodinâmico adequado. 

Todas estas "codincionantes" irão aumentar o peso do crossover e, logicamente, o seu espírito desportivo. Contudo, desempenho e dinâmica de condução são características muito importantes para o presidente da Alfa Romeo. 

"Estudaremos sempre a possibilidade de construir uma versão desportiva que seja totalmente consistente com os produtos que oferecemos", sublinha Imparato. 

"Se considerar que não podemos oferecer o nível de desempenho correcto para o Quadrifoglio, essa variante não será produzida". 

Não há muito tempo, o executivo afirmou que um SUV nunca terá, com quase toda a certeza, a designação GTA ou GTAm, já que o ADN dessa designação não corresponde a um veículo com aquelas características. 

Entretanto, Imparato comprometeu-se que a Alfa Romeo irá lançar um novo modelo todos os anos até 2026, e, a partir do ano seguinte, a marca apenas lançará viaturas eléctricas. 

E não colocada de parte a recuperação de modelos lendários como o Spider Duetto ou o "selvagem" GTV mas em versões puramente eléctricas. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.