Pesquisa
Super Carros

JPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson Button

13:17 - 09-09-2021
 
JPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson Button
JPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson ButtonJPS Type 62-2: versão extrema da Radford de Jenson Button

É a versão mais extrema do Type 62-2 da Radford, e ganha ainda mais impacto com a cor preta debruada a ouro com as insígnias da John Player Special. 

Para além de serem as cores que popularizaram os Lotus que correram nas pistas de Fórmula 1, prestam também uma homenagem ao Lotus Type 62 dos anos 60. 

"O John Player Special Type 62-2 é o mais radical que o dinheiro pode comprar", sublinhou Jenson Button, ex-campeão de F1 Jenson Button, e accionista da Radford na apresentação do super desportivo. 

"É baixo, elegante e potente, e tem uma das pinturas de corrida mais icónicas alguma vez já criadas", celebrizada por pilotos como Emerson Fittipaldi e Ayrton Senna". 

A dar força ao bólide está um bloco V6 turbo de 3.5 litros, com os pistões, bielas, árvores de cames a terem sido meticulosamente trabalhados para levá-lo aos 608 cv de potência. 

Os dados técnicos do JPS Type 62-2 não foram revelados, assim como também não foram mostradas imagens do habitáculo. 

Com umas dimensões em tudo semelhantes ao Porsche Cayman, está apoiado em jantes de carbono Dymag com 18 polegadas à frente e 19 atrás, e "calçadas" por pneus Michelin Pilot Sport Cup 2. 

O conjunto é rematado por um pronunciado divisor dianteiro com maiores entradas de ar e um difusor traseiro radical, discos de travão carbono-cerâmicos com 360 mm de diâmetro, e pinças monobloco AP. 

"O JPS Type 62-2 é ainda mais dinamicamente focado para estrada e pista; é leve, muito rápido e ágil", prosseguiu Jenson Button na apresentação. 

"Como é natural, também é embelezado com todos os toques sofisticados de um fabricante de carroçarias sob medida como é a Radford". 

Além dos 12 exemplares anunciados para o JPS Type 62-2, serão construídas outras 50 unidades com acabamentos Classic e Gold Leaf. 

A produção irá começar no final deste ano, com as primeiras entregas a concretizarem-se em 2022, sendo ainda uma incógnita os preços para qualquer uma das versões. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.