Pesquisa
Salões
Mitsubishi Evo está de volta
16:32 - 25-10-2017
  9
Mitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de volta
Mitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de voltaMitsubishi Evo está de volta
A Mitsubishi recuperou a designação EVO com o Concept e-Evolution que apresentou no Salão Automóvel de Tóquio, mas desta vez a referência não está associada às performances de modelos feitos a pensar na competição, seja no Mundial de Ralis (onde os EVO ainda dão cartas) ou no Dakar. Esta é uma proposta 100 por cento eléctrica, que aponta para a condução autónoma (Nível 4). O protótipo surgiu equipado com três motores eléctricos: um no eixo dianteiro e dois na traseira, o que garante a tracção total permanente.

"É uma nova via para a Mitsubishi"
, afirmou Mitsuhino Yamashita, o vice-presidente executivo da marca, durante a apresentação, que também afirmou o interesse da marca "nova evolução do estilo SUV".

A imagem do e-Evolution aponta um modelo que poderá vir a surgir num segmento onde pontua o Nissan Juke, estando previsto para 2018/2019. A Mitsubishi não avançou com informações sobre a tecnologia que vai estar subjacente, e por isso ficam em aberto todas as alternativas: motorização de combustão interna e/ou electrificada com propostas híbridas e 100 por cento eléctrica.

Mas a marca admite que vai surgir uma proposta EVO diferente, e possivelmente mais radical, no horizonte de 2022/2023. Mas apenas estamos no campo das hipóteses, porque a Mitsubishi ainda está a definir as suas grandes linhas para o futuro no campo das motorizações, que têm de ser enquadradas no âmbito da Aliança Renault-Nissan, onde passou a estar inserida.

Nos próximos três anos a prioridade da Mitsubishi passa pelo lançamento de seis novos modelos e seis "face-lifts", com destaque para os SUV’s e propostas electrificadas, uma via que poderá permitir potenciar o volume de vendas e aumentar a rentabilidade. A marca japonesa quer aumentar a sua rentabilidade em 30 por cento, e para isso vai recorrer ao "banco de órgãos" da Aliança Renault-Nissan, para garantir uma economia de escala
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.