Pesquisa
Salões

Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…

18:05 - 26-10-2017
  107
Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…
Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…Daqui a 100 anos os SUV serão assim. Pelo menos para a Suzuki…
A Suzuki apresentou no Salão Automóvel de Tóquio o e-Survivor concept, um protótipo de um SUV descapotável que, segundo a própria marca, nos revela como serão os automóveis deste segmento daqui a 100 anos.

Talvez por isso as semelhanças entre este concept da Suzuki e os veículos espaciais da NASA são mais do que muitas, a começar na enorme altura ao solo, o ângulo de saída, os enormes pneus rugosos (montados em jantes com luzes LED) e claro, a construção leve de toda a estrutura.

A fabricante japonesa resolveu manter as especificações técnicas em segredo, até porque como referimos acima, a marca olha para este estudo como uma pista do que poderá acontecer daqui a 100 anos, mas tal como o nome sugere, este e-Survivor é um SUV 100 por cento eléctrico, movido por quatro motores - cada um instalado numa roda – que criam um sistema de tracção integral.

Avançando para o interior, e ainda que à primeira vista seja fácil assumir que se trata de uma proposta totalmente autónoma, destaca-se o volante, a alavanca de mudanças e os pedais, elementos que sugerem que a Suzuki não acredita no futuro das tecnologias de condução autónoma.

Contudo, todos estes elementos foram reformulados e contam com um "look" futurista, a começar pelo volante, que têm um painel de instrumentos digital integrado, bem como um display esférico que não só mostra o carro como tudo o que o rodeia.

Por muito distante que possa parecer, a verdade é que este pequeno SUV não deixou ninguém indiferente no Salão Automóvel de Tóquio. Resta saber se algumas destas ideias algum dia serão recuperadas pela Suzuki!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.