Pesquisa
Novos Modelos

Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?

14:25 - 23-06-2022
 
Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?
Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?Milivié 1: daria 570 mil euros por este ''carocha'' retrofuturista?

Nada como falar de um restomod tresloucado, um dia depois da celebração do Dia Mundial do Carocha na quarta-feira.

Apoiado no nome homónimo da preparadora germânica, o Milivié 1 é a última reinterpretação do Volkswagen Type 1 onde a electricidade não tem lugar.

Todavia, contra o ideal "carro do povo" em que originalmente foi idealizado, esta proposta limitada a 22 exemplares é inacessível ao comum dos mortais pelo seu valor estratosférico.

"Clássico" mas não muito

O mundo do restomod tem-se distinguido nos últimos anos ao pegar em "clássicos" para lhes darem um tratamento específico que melhora o conforto e a qualidade de condução.

O Volkswagen 1303 do doador serve de base ao Milivié 1 mas quase todos os seus elementos estruturais tiveram um tratamento específico para uma melhor aerodinâmica e um visual mais contemporâneo.

Os painéis da carroçaria, embora novos, respeitam o desenho original enquanto os faróis e os farolins foram totalmente redesenhados.

O capô foi movido oito centímetros, em total contraste com o de origem graças a um spoiler em forma de "cauda de pato", a que somam o escape duplo central e as jantes em liga leve de 19 polegadas.

É dentro do habitáculo que se percebe a verdadeira revolução de que o "carocha" foi alvo, seguindo a tendência minimalista dos modelos contemporâneos.

Se o volante de três raios mantém o espírito clássico, o mesmo não se pode dizer dos ecrãs gémeos de 12,3 polegadas sobre o tabliê para a instrumentação e o infoentretenimento.

A consola central tem um espaço de armazenamento decalcado do protótipo Type 1 de 1938, área de carregamento sem fio para dispositivos móveis e várias entradas USB.

O sistema de som será "inteligente" enquanto tecnologias como ar condicionado, câmara dupla, sensores de estacionamento ou luzes automáticas estão presentes.

Afinações de corrida

Os especialistas do restomod têm sido dos mais entusiastas a trocarem motores de combustão por sistemas motrizes totalmente eléctricos.

Não é o caso deste Volkswagen 1303: os técnicos da Milivié optaram antes por um bloco a gasolina tetracilíndrico de 2.28 litros arrefecido a ar, embora não tenham avançado números sobre o seu desempenho.

A preparadora adiantou, no entanto, que potência e binário são passados às rodas traseiras através de uma caixa automática ZF de quatro relações, que também pode ser operada de forma manual.

A suspensão, com amortecedores de tubo duplo, tem afinações específicas enquanto o chassis é configurado de acordo com o perfil de condução do proprietário.

As reservas para o Milivié 1 já estão abertas, estando igualmente definido o mês de Julho de 2023 para a entrega do primeiro carro.

Com uma produção limitada a 22 unidades, correspondente a uma por cada milhão de "carochas" vendidos em toda a sua carreira, cada exemplar custará qualquer coisa como 570 mil euros.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.