Pesquisa
Actualidade

Rolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'Azur

20:03 - 04-08-2022
 
Rolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'Azur
Rolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'AzurRolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'Azur
Rolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'Azur

Há cerca de dez meses, conheceram-se as primeiras imagens do Spectre, um coupé de alto rendimento que será também o primeiro modelo 100% eléctrico da Rolls-Royce.

Rolls-Royce Spectre eléctrico em plena aceleração na Côte d'Azur

Já em plena fase de testes dinâmicos, a insígnia de luxo volta a apresentá-lo em vídeo e em fotografias, mas devidamente decorado com uma série de grafitos sobre a película que camufla os pormenores.

Mesmo assim, são inegáveis as semelhanças com o Rolls-Royce Wraith daquele que será, sem dúvida, um dos carros mais importantes do construtor que, a partir de 2030, só terá propostas totalmente eléctricas.

Os ensaios estão a ser realizados na Côte d’Azur, no sul de França, onde o Spectre irá percorrer 625 mil dos 2,5 milhões de quilómetros previstos antes de chegar à versão final que será apresentada em 2023.

Após os testes no Círculo Polar Árctico, o "eléctrico" já melhorou o coeficiente aerodinâmico, ao baixar de Cx 0,26 para 0,25, uma redução que parece residual mas essencial para aumentar a autonomia.

Outro objectivo a atingir é que o Spectre garanta o mesmo conforto de condução que é característico dos modelos da marca.

Serve-se, para isso, de um sistema eléctrico "inteligente" com 141.200 conexões entre transmissores e receptores.

São três vezes mais do que um Rolls-Royce "convencional" comporta, o que permitirá ao coupé reagir mais depressa face aos dados recebidos de elementos como a suspensão e melhorar o seu comportamento.

A evolução tecnológica dos sistemas que vão integrá-lo permitem analisar e filtrar as deficiências do piso para um amortecimento mais eficaz.

A sua eficiência é reforçada pela navegação por satélite, o que significa que, nas rectas, é "desligada" a barra estabilizadora da suspensão para só ser activada nas curvas para uma melhor estabilidade.

Outra área sob constante análise é a rigidez estrutural do modelo, assente na plataforma em alumínio Architecture of Luxury, com as baterias nela integrada e reforçada com aço em áreas-chave.

Ainda sem data designada, confirmada está apenas a estreia do modelo em 2023, com os primeiros exemplares a chegarem ao mercado nesse mesmo ano.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.