Pesquisa
Actualidade

SUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricos

18:15 - 30-06-2021
 
SUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricos
SUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricosSUV, 'hatchback' e coupé: Alpine antecipa novos desportivos eléctricos

A Alpine prepara-se para lançar três novos desportivos 100% eléctricos, com o primeiro modelo a ser revelado em 2024. 

O anúncio foi feito por Luca De Meo, homem forte do grupo Renault, durante a conferência virtual eWays Electro Pop realizada esta quarta-feira. 

E já se "conhece" o sucessor do Alpine A110, que a marca gaulesa está a desenvolver com a Lótus, numa imagem que apenas deixa ver as suas linhas. 

Aparentemente, as proporções apontam para um desportivo de motor central, com um tejadilho elegante, onde a aerodinâmica terá um papel decisivo. 

O segundo modelo tem todo o aspecto de ser um revigorado Renault 5, percebendo-se uma asa traseira proeminente e um capô musculado. 

Tudo indica que a linhagem do lendário Renault 5 Turbo dos anos 80 terá um sucessor à altura… mas agora em versão 100% eléctrica. 

Desconhecida é mesmo a terceira proposta, com as formas a apontarem para um crossover de alto desempenho. A plataforma onde será construído poderá mesmo ser uma versão modificada da CMF-EV. 

Criada para os modelos dos segmentos C e D das várias marcas do grupo Renault, está preparada para receber uma mecânica mais elaborada e uma bateria de maior dimensão. 

Se assim for, poderá ser um rival de peso de modelos como o Porsche Taycan, o Tesla Model S ou o Audi e-tron GT. 

A Renault afirma que a nova arquitectura irá aumentar o prazer de condução graças ao seu baixo centro de gravidade e a uma distribuição ideal de peso. 

A empresa francesa sublinha mesmo o seu "desempenho incomparável", com uma autonomia eléctrica que deverá chegar aos 580 quilómetros. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.