Pesquisa
Actualidade
Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!
10:50 - 03-04-2018
  55
Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!
Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!Os 30 anos da sigla "STI" que torna os Subaru objectos de culto!

Há trinta anos nasceu uma sigla que se tornou sinónimo de "performances" e de uma paixão, quase diríamos de um culto automobilístico que está muitos furos acima da popularidade de que goza a própria marca que lhe está na origem: falamos da STI, a sigla dos produtos desportivos da Subaru e que se tornou particularmente famosa com o Impreza, esse carro que ainda acelera muitos corações.

Embora a Subaru se tenha iniciado nas competições em 1972, com um Leone, no rali da Austrália, foi em 1980 que fez história ao inscrever no Mundial de Ralis o primeiro carro com tracção às quatro rodas, técnica que desde cedo fez parte do ADN da marca, tal como os motores "boxer" (cilindros opostos). O sucesso levou a marca a criar um departamento de competição e de desenvolvimento de versões de elevadas "performances" de modelos de série, a que chamaria Subaru Tecnica International (STI), criada nos primeiros dias de Abril de 1988.

O fundador do departamento, Ryuichiro Kuze, supervisionaria a construção do primeiro modelo de elevadas prestações, um Legacy STI com motor "boxer" turbo de 220 cv. Em Janeiro de 1989, num anel de velocidade no Arizona, a Subaru mostrou ao que vinha com a sua divisão STI, estabelecendo um impressionante recorde: ao longo de vinte dias, bateu o recorde FIA de Resistência para 100 mil quilómetros, à média de 222 km/h!

Mas a tracção integral que a marca dominava estava já a dar cartas no Mundial de Ralis e, depois de uma estreia bem sucedida no duríssimo Safari, em 1990, a Subaru decidiu-se mesmo pela participação no campeonato com os Legacy, iniciando uma ligação que ficaria famosa com o malogrado escocês Colin McRae. A primeira vitória da Subaru, ainda com o Legacy STI, chegaria no rali da Nova Zelândia de 1993, antes da estreia, no ano seguinte, do Impreza STI.

A história do Impreza é escrita a letras de ouro, com três títulos consecutivos de marcas (1995 a 97) e títulos de pilotos para McRae (95), Richard Burns (2001) e Petter Solberg (2003), com a STI a totalizar 47 vitórias em ralis do Mundial. A Subaru tornou-se, assim, na marca japonesa com mais vitórias em provas mundialistas. Mais que isso, o Subaru Impreza STI WRX tornou-se um carro de competição por excelência para milhares de pilotos um pouco por todo o Mundo, fosse para ralis ou para ralicrosse.

Em simultâneo, a Subaru foi lançando modelos de estrada com a sigla STI e mecânicas poderosas, tirando partido da popularidade ganha nas competições. O primeiro foi um Legacy STI, em 1992, disponível apenas no Japão. Mas o Impreza STI foi um retumbante êxito a nível global e ainda hoje é um carro com muita procura no mercado de usados! Em especial os primeiros, já que as últimas gerações foram algo descaracterizadas, no entender dos apaixonados pela história do Impreza STI WRX.

Mais recentemente, a Subaru voltou a trazer o Impreza STI para as manchetes, com uma versão cheia de… "esteroides", preparada para bater recordes vários. O Impreza WRX STI Type RA NBR começou por estabelecer um novo máximo na volta ao perigoso traçado da Ilha de Man com Mark Higgins ao volante para, pouco tempo depois, conseguir a espantosa marca de 6.57,5 numa volta ao "Inferno Verde", o Nordschleife do Nürburgring, guiado por Richie Stanaway. Trinta anos depois da sua criação, a sigla STI continua a fazer bater corações e a despertar paixões pelos automóveis rápidos e de comportamento ultra eficaz, com a assinatura da Subaru!

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.