Pesquisa
Novos Modelos

Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023

16:09 - 13-07-2022
 
Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023
Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023
Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023

Só se destina ao mercado americano por agora, mas está prometida uma variante para o Velho Continente no próximo ano.

Honda CR-V mais refinado: SUV híbrido na Europa em 2023

A nova geração do Honda CR-V foi esta terça-feira revelada nos Estados Unidos com um desenho mais evoluído a confirmar o aumento de tamanho.

Embora equipado com motorizações a gasolina, para o mercado europeu está apenas prevista a variante com sistema motriz híbrido.

Mais apelativo

São notórias as mudanças do novo Honda CR-V face à geração que agora substitui mas sem ser um verdadeiro corte com o passado.

O SUV cresceu em todas as cotas, patente nos 4,69 metros de comprimento por 1,86 de largura e 1,69 de altura.

A distância entre eixos, de 2,70 metros, deverá assegurar boa habitabilidade e conforto para os cinco ocupantes.

A nível estético percebem-se linhas mais refinadas, especialmente nas grelhas superior e inferior, assim como nos faróis LED afilados.

O capô longo, a terminar num pára-brisas mais inclinado devido ao recuo do pilar A, dão-lhe um toque ainda mais apelativo.

As variantes híbridas Sport e Sport Touring ganham um tom mais desportivo, muito à conta do estilo mais agressivo da dianteira e da traseira.

Essa ideia é reforçada por jantes em liga leve de 18 e 19 polegadas pintadas em preto.

É no habitáculo que se percebe a ligação ao novo Honda Civic, muito à conta da combinação de comandos digitais e analógicos.

O ecrã táctil de infoentretenimento vem de série com sete polegadas mas nas variantes mais equipadas cresce para nove polegadas.

No que à segurança diz respeito, inclui sistemas como controlo adaptativo de velocidade de cruzeiro, manutenção de faixa e travagem automática a baixa velocidade.

Reconhecimento de sinais de trânsito, alerta de ponto cego e assistente de "engarrafamento" também estão incluídos.

Só híbrido na Europa

Para o mercado americano, o Honda CR-V será proposto com um bloco turbo a gasolina de 1.5 litros e quatro cilindros, com 193 cv e 243 Nm.

Para a Europa interessa mais a motorização híbrida, apoiada num motor a gasolina de 2.0 litros e quatro cilindros, e num propulsor eléctrico.

São 207 cv de potência combinada, com o binário máximo a atingir os 335 Nm; são mais 23 cv e mais 20 Nm face ao actual Honda CR-V híbrido europeu.

À Europa está prevista a chegada do SUV em 2023 mas apenas como híbrido, estando ainda prevista uma variante plug-in.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.