Pesquisa
Ensaio
Seat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbano
15:41 - 16-02-2020
 
Seat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbano
Seat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbanoSeat Ibiza FR 1.0 TSI: 115 cv bem ágeis no trânsito urbano

Três anos depois de a quinta geração chegar ao mercado, o Seat Ibiza continua a afirmar-se nas estradas nacionais como um dos modelos mais conseguidos da marca espanhola.

Por alguma razão foi galardoado, em 2018, com o troféu de Carro do Ano/Troféu de Cristal, ganhando também na categoria Citadino do Ano.

E foi exactamente a versão vencedora, com a insígnia desportiva FR em posição bem destacada na grelha do motor, que o Aquela Máquina experimentou por estes dias.

Estilo bem desportivo

Equipado com o motor 1.0 TSI, os 115 CV de potência e 200 Nm de binário do Seat Ibiza FR são passados ao solo por uma caixa automática DSG de sete velocidades. A velocidade máxima atinge os 193 km/hora, demorando 9,5 segundos para ir dos 0 aos 100 km/hora.

As primeiras impressões, quando o encaramos, não poderiam ser mais positivas. De frente, revela-se visualmente atraente, graças aos faróis LED triangulares e aos farolins de corpo único.

Os pára-choques dianteiro e traseiro dão-lhe aquele ar robusto e desportivo que se quer nesta versão mais acelerada, seguindo fielmente a linha estilística de toda a carroçaria.

Sendo a versão FR que está em questão, há outros pormenores que reforçam o seu espírito mais "rebelde", bem patentes nas duas ponteiras de escape integradas no difusor, na grelha dianteira e nas jantes em liga leve de 18 polegadas.

Apreciadas as linhas estéticas, é tempo de dar uma espreitadela ao interior; a reacção não poderia ser mais positiva num ambiente marcado pela cor preta.

Espaçoso quanto baste, o Seat Ibiza quase que se atira para a categoria dos carros familiares: são 4059 mm de comprimento por 1780 de largura e com uma distância entre eixos de 2564 mm.

Os 1444 mm de altura imprimem esse perfil desportivo, reforçado por uma suspensão que se verificou eficaz… mas não muito confortável para quem optar por pisos mais degradados. A bagageira apresenta 355 litros de capacidade, que podem subir até aos 1165 litros com os bancos traseiros rebatidos.

O design imprimido nos elementos interiores, embora dirigidos a um público-alvo mais jovem, não deixará de satisfazer uma faixa etária mais velha que ainda gosta de sentir o sangue na guelra.

Já sentado e pronto a agarrar no volante – já se elogiou a qualidade dos bancos, confortáveis e envolventes? –, dá-se uma mirada mais atenta ao painel de instrumentos e, principalmente, à consola para ver se os comandos estão bem ao alcance da mão direita.

Sem ter de desviar-se os olhos da estrada mais do que o necessário, é possível controlar qualquer função básica de forma simples e quase intuitiva, mesmo quando é preciso aceder aos comandos no ecrã táctil de oito polegadas com o sistema ‘Full Link’; pode sempre activá-los com a sua voz!

Vontade de acelerar

Ligue-se então o motor porque a conversa já vai longa… e o barulho do motor faz logo mexer aquele "bichinho" para quem gosta de testar as capacidades dinâmicas de um carro em estrada aberta ou no tráfego urbano.

Sim, dentro da cidade, o Seat Ibiza FR mostra-se mais do que desembaraçado. É difícil não sermos os primeiros a arrancar quando o sinal passa de vermelho para verde, e ultrapassar aqueles que ainda estão a tentar engrenar mais uma mudança de velocidade.

Não é alheia a essa desenvoltura a caixa automática DSG de sete velocidades, precisa quanto baste para colocar os 115 cv nas rodas dianteiras.

E, melhor ainda, nem é necessário seleccionar o modo Sport para o conseguir. Mesmo em modo Eco, este desportivo compacto coloca de forma afirmativa a potência no solo, para um arranque ou uma aceleração bem forte.

Os consumos, no entanto, são o calcanhar de Aquiles do Seat Ibiza FR, mercê de um motor TSI de apenas 1.0 litros e três cilindros.

Foi praticamente impossível cumprir os consumos anunciados pela marca por cada centena de quilómetros percorridos segundo o ciclo NEDC: 4,6 litros em circuito extra-urbano, subindo para os 5,5 litros em cidade, e baixando para 4,9 litros em circuito misto.

Não é surpresa nenhuma que assim suceda se se estiver em modo Sport. Em condução urbana mais vale não o usar; nem sequer é necessário para se desembaraçar no meio do trânsito! Foi no modo Eco, no entanto, que se sentiu que o consumo poderia ser mais baixo… o que não aconteceu de forma substancial!

Em estrada larga, fora da cidade, consegue-se chegar mais próximo dos valores anunciados, que logo são ultrapassados se se seleccionar a função Sport.

Sim, o hatchback da Seat é ligeiro e rápido em qualquer situação de condução mas, para quem se assusta com consumos, talvez seja mais consciente não pisar o acelerador a fundo ao primeiro impulso.

Mesmo assim, e tendo em conta estas condicionantes, o Seat Ibiza FR não é uma proposta a ignorar para quem goste de ter nas mãos um desportivo com raça. A qualidade de construção é irrepreensível e o comportamento em estrada é muito seguro e eficaz.

O sistema de travagem responde de forma muito positiva quando para tal é solicitado e a suspensão revelou-se particularmente efectiva em circuitos mais sinuosos.

A versão testada, equipada até ao mais ínfimo pormenor no que respeita a sistemas de segurança activa e passiva, multimédia e conforto, bate nos 22.354 euros.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.