Pesquisa
Ensaio
Novo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudo
15:12 - 16-12-2019
 
Novo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudo
Novo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudoNovo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudo
Novo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudo

A Peugeot continua a renovação da sua presença no segmento de modelos compactos e depois de apresentar o novo 208 - onde nós estivemos presentes - decidiu renovar o 2008, um SUV compacto que agora também ganhou uma versão totalmente eléctrica, tal como aconteceu com o citadino da marca do leão.

Viajámos até França, mais concretamente até à região da Provença, e já tivemos oportunidade de guiar o novo Peugeot 2008 em todas as suas vertentes: diesel, gasolina e eléctrico. E este é mesmo um dos pontos em maior destaque deste modelo, já que a marca francesa se orgulha de apresentar este 2008 nestas três motorizações (ou energias) distintas, permitindo assim que os seus clientes possam escolher o seu automóvel de acordo com o que cada modelo oferece, sem limitações ao nível da energia que pretendem.

Peugeot 2008 - GT Line

Imagem musculada

O novo Peugeot sofreu uma transformação visual que o aproximou do seu irmão mais novo, o Peugeot 208, e isso fica visível ao nível da assinatura luminosa rasgada e com as garras do leão - apenas nas versões GT Line e GT - e da imagem musculada. Destaca-se ainda o pára-brisas mais recuado que permite um capot mais horizontal e as cavas das rodas proeminentes, detalhes que ajudam a criar uma sensação de maior presença em estrada.

Todos estes detalhes ajudam a vincar o carácter agressivo de um modelo que conta com várias linhas triangulares, muito visíveis nos painéis laterais. Destacam-se igualmente as novas jantes de 18 polegadas, que permitiram uma diminuição de 4 quilos, e a pintura bicolor com o tejadilho em preto, ainda que este último detalhe seja exclusivo das versões GT e GT Line.

Habitáculo segue as pisadas do 208

O interior do novo 2008 é decalcado do habitáculo do novíssimo 208 e isso é um enorme elogio. Foi uma das coisas que mais elogiámos quando testámos o novo Peugeot 208 e com este SUV compacto não é diferente.

Assim que assumimos o volante deste 2008 sentimos uma enorme sensação de requinte e um "feeling" muito premium, algo que não é comum neste tipo de segmento. Para isso muito contribuem os materiais usados pela marca do leão, bem como o nível dos acabamentos. 

Destaca-se o volante desportivo e de dimensões reduzidas, um detalhe que já começa a ser tradição nos Peugeot mais recentes, o grande ecrã multimédia central (pode ir até às 10 polegadas) e claro, o novo painel de instrumentos digital com tecnologia 3D que faz parte do novíssimo Peugeot i-Cockpit 3D estreado no novo 208.

O habitáculo do novo Peugeot 2008 pode apresentar várias cores e materiais distintos. A versão de entrada de gama, a Active, conta com uma tampografia laranja, ao passo que no nível de equipamento Allure estes elementos passam a azul.

As versões GT Line primam pelo ambiente mais escuro realçado por vários apontamentos em Adamite, sendo que a versão topo-de-gama, denominada GT (só está disponível na versão eléctrica e no mais potente dos gasolina), conjuga a Alcantara, o couro e a malha técnica. 

Peugeot 2008 - Allure

Tecnologia ao serviço do condutor

O novo Peugeot 2008 chega ao mercado com uma oferta tecnológica renovada, sobretudo no campo da segurança, onde se destaca o sistema de ajuda à permanência em faixa de rodagem, regulador de velocidade adaptativo, Park assist, travagem automática de emergência, alerta activo de transposição involuntária de faixa, alerta de atenção ao condutor e reconhecimento de sinais de trânsito.

No campo da tecnologia, destaca-se a compatibilidade MirrorScreen, que inclui os protocolos de conectividade MirrorLink, Apple CarPlay e Android Auto. Na consola central, além de duas tomadas USB (uma normal e uma USB-C), encontramos ainda um suporte para o smartphone que se revela muito útil e um local de recarga por indução.

Para os condutores com um ouvido mais exigente também há boas notícias, já que a Peugeot desenvolveu um sistema de som em parceria com a FOCAL, especialista francês em sistemas de alta fidelidade topo de gama.

A "culpa" é da plataforma CMP...

Tal como acontece com o novo Peugeot 208, também este 2008 assenta na nova plataforma CMP do Grupo PSA, uma plataforma feita a pensar nas multi-energias.

É esta plataforma que oferece ao condutor a liberdade de escolha entre as três motorizações disponíveis (Diesel, gasolina e electricidade), sendo que cada uma delas pode ser associada ao sistema "Grip Control" e ao sistema de controlo de descida (HADC), bem como aos três modos de condução disponíveis: Normal, ECO e Sport.

Dinâmico, robusto e muito suave

Nesta estadia de dois dias em França, nos arredores de Marselha, tivemos oportunidade de testar as três energias oferecidas neste modelo. Guiámos o diesel BlueHDI com 130 cv associado a uma caixa automática de oito velocidades, o PureTech a gasolina de 130 cv com caixa manual de seis relações e, por fim, testámos a versão totalmente eléctrica e-2008.

Ao volante - BlueHDI 130 EAT8

A versão equipada com o bloco diesel BlueHDI de 1.5 litros com 130 cv de potência e 300 Nm de binário máximo foi a primeira que conduzimos e a que mais nos surpreendeu, a par, obviamente, da versão totalmente eléctrica (há um artigo exclusivo com o ensaio a esta versão).

Desde o primeiro momento que esta motorização nos prendeu, primeiro pela suavidade e pela forma eficaz como coloca toda a potência no asfalto, e depois pelo próprio comportamento do motor, que no modo "Sport" se revelou um verdadeiro leão: forte, ágil e muito rápido.

Esta motorização só pode ser associada com a transmissão automática de oito velocidades, que se revelou muito eficaz nas estradas montanhosas dos arredores de Marselha, onde andámos.

A Peugeot anuncia consumos médios de 4,8 litros/100 km para esta motorização, que consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em 9,3 segundos e chega aos 195 km/h de velocidade máxima.

De todas as motorizações que conduzimos esta revelou-se a mais satisfatória, ainda que a versão com o mesmo motor, com 100 cv de potência, possa ser a mais interessante para a realidade do mercado português. 

Ao volante - PureTech 130 M6

Depois da versão diesel de 1.5 litros com 130 cv seguiu-se a variante PureTech a gasolina de 130 cv de potência e 230 Nm de binário máximo. Esta variante estava associada a uma caixa manual de seis velocidades, ainda que também possa ser combinada com uma caixa automática de oito relações.

Este bloco está longe de ser tão suave como o bloco diesel que guiámos antes, mas revelou-se energético e mais rápido. Acelera dos 0 aos 100 km/h em 8,9 segundos e chega aos 198 km/h de velocidade máxima.

Não há qualquer dúvida de que este motor é despachado e até algo emocionante de conduzir, mas não nos impressionou tanto quanto o 1.5 diesel. Ainda assim, estamos seguros de que será uma proposta para a qual muitos portugueses vão olhar.

Importa apenas dizer que para esta versão a Peugeot reclama um consumo misto de 5,7 litros por cada 100 km percorridos, sendo que nas variantes com caixa EAT8 este número sobe para os 6,0 l/100 km.

Guiámos o Peugeot e-2008 eléctrico com 320 km de autonomia

Ao volante - e-2008 GT

Não me canso de escrever que a versão diesel de 1.5 litros com 130 cv foi a que mais me impressionou, mas não consigo ficar indiferente ao e-2008, a versão totalmente eléctrica deste felino de garras afiadas.

O sistema motriz eléctrico é exactamente o mesmo que encontramos no Peugeot e-208 e assenta num propulsor eléctrico de 100 kW, o equivalente a 136 cv de potência, e num "pack" de baterias - montadas em H - de 50 kWh. Porém, se o para o 208 a Peugeot reclama uma autonomia de 340 quilómetros, para este 2008 esse número fica-se pelos 320 km. A culpa é da carroçaria menos aerodinâmica e do peso superior do conjunto.

O maior elogio que podemos fazer a esta variante é que é em tudo semelhante às versões a combustão, com excepção da ausência de ruídos e vibrações, da rapidez na aceleração e na suavidade a que "rolamos" na estrada. A versão eléctrica superioriza-se em todos estes pontos às restantes, mesmo que a marca do leão ainda não tenha homologado valores para a aceleração e para as recuperações.

Pode ler o ensaio completo ao Peugeot e-2008 aqui

Novo Peugeot 2008: ao volante de um leão que melhorou em tudo

Vale a pena comprar este 2008?

Depois de um contacto de dois dias com este novo Peugeot 2008 não temos dúvidas em afirmar que este é um automóvel muito importante para a marca francesa e que é mais uma "aposta certeira", depois do Peugeot 3008, 508 e, mais recentemente, o 208.

Ficámos convencidos com a imagem deste modelo, que se transformou numa espécie de "mini-3008", e com a evolução do habitáculo, muito próximo do que já tínhamos visto - e elogiado! - no Peugeot 208.

Esta geração do 2008 cresceu 14,1 cm no comprimento e 3,1 cm na largura (face à geração anterior) e isso teve um impacto muito positivo na habitabilidade deste SUV, que vê assim reforçadas as suas aptidões familiares. A bagageira tem agora uma capacidade de 434 litros, mais 96 litros que o modelo que substitui.

O tacto da condução é muito agradável e a afinação da suspensão muito agradável. Em curva o 2008 da geração anterior revela-se ligeiramente mais ágil, mas este novo modelo ganha em tudo o resto. 

Quando chega e quanto vai custar?

O novo Peugeot 2008 chega ao mercado português em Janeiro, com preços a começar nos 21.500 euros, para a versão 1.2 PureTech de 100 cv e no nível de equipamento Active. A versão mais barata dos diesel, a 1.5 Blue HDI com 100 cv e caixa manual de seis velocidades, tem preços a começar nos 25.200 euros, ao passo que a mesma motorização, com 130 cv e caixa EAT8, está disponível com preços desde os 30.350 euros.

Quanto à versão totalmente eléctrica, denominada e-2008, pode ser encomendada a partir de Janeiro mas só estará disponível para entrega em Abril. A versão de entrada de gama, a Active, tem preços a começar nos 36.600 euros. A mais cara, a GT, começa nos 43.450 euros.

ACTIVE ALLURE GT LINE GT
1.2 PureTech 100 CVM6 21.500 € 23.500 € - -
1.2 PureTech 130 CVM6 22.970 € 24.650 € 26.650 € -
1.2 PureTech 130 EAT8 24.970 € 26.650 € 28.650 € -
1.2 PureTech 155 EAT8 - - - 32.250 €
1.5 BlueHDI 100 CVM6 25.200 € 27.200 € 29.200 € -
1.5 BlueHDI 130 EAT8 - 30.350 € 32.350 € -
100 kW (136 cv) 36.600 € 38.350 € 40.550 € 43.450 €






Ver esta publicação no Instagram

Estamos nos arredores de Marselha a conhecer o novíssimo Peugeot 2008. Fique atento! . . #peugeot #peugeot2008 #2008 #peugeopt #peugeotportugal #2008firstdrive

Uma publicação partilhada por Aquela Máquina (@aquelamaquina) a

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.