Pesquisa
Ensaio

Ensaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 km

14:15 - 24-05-2021
 
Ensaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 km
Ensaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 kmEnsaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 km
Ensaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 km

O Toyota RAV4 ganhou novos argumentos no mundo dos SUVs, com a variante híbrida plug-in a torná-lo ainda mais convidativo para quem aind tem dúvidas em aderir à electro-mobilidade.

Ensaio Toyota RAV4 Plug-In Hybrid: autonómia 'eléctrica' até 100 km

E nada melhor do que reforçar o visual com uns toques mais agressivos, para reflectir os seus 306 cv de potência, passados às quatro rodas pelo sistema eléctrico inteligente AWD-i. 

A nível estético, a grelha frontal e as protecções inferiores foram alteradas, para lhe dar um pendor mais desportivo. Não é por acaso que é, actualmente, o híbrido de ligar à ficha mais potente da marca japonesa. 

O conjunto é reforçado pelas novas jantes em liga leve de 18 polegadas, que podem ser substituídas opcionalmente pelas de 19 polegadas. 

Até 100 km de autonomia 

Sob o capô do RAV4 Plug-In Hybrid está um bloco a gasolina de 2.5 litros de 185 cavalos, aliado a dois motores eléctricos. 

O primeiro imprime 40 kW (54 cv) e 121 Nm às rodas traseiras, como na versão híbrida "convencional". No eixo dianteiro está um novo motor eléctrico de 134 kW (182 cv) e 270 Nm. 

Não foi apenas na motorização que o SUV evoluiu, tendo na bateria de iões de lítio de 18,1 kW um dos seus principais trunfos. 

A autonomia "eléctrica" chega aos 75 quilómetros em estrada aberta mas na cidade bate quase nos 100 quilómetros, segundo o ciclo WLTP. 

É uma distância que os modelos híbridos plug-in actualmente disponíveis no nosso mercado pouco se podem gabar de conseguir. Quase evita o uso do motor a gasolina no dia a dia, principalmente nas deslocações casa-trabalho-casa. 

Além disso, é possível recarregar a totalidade da bateria em duas horas e meia através de uma wallbox doméstica a 7,4 kW, embora o carregador de bordo apenas admita uma potência máxima de 6,6 kW. 

Um SUV que é para toda a família 

Apesar do seu carácter desportivo, a Toyota optou pelo conforto no RAV4. A suspensão não é muito rija e quase temos a sensação de estarmos sobre um tapete voador. 

Os 4.600 mm de comprimento fazem dele uma opção ideal para as famílias numerosas; há espaço mais do que suficiente à frente e atrás para cinco pessoas. 

E a bagageira, com 520 litros de capacidade, tem espaço mais do que suficiente para levar tudo o que é preciso para ir de férias ou para uma escapadinha de fim-de-semana.

 

Sentados ao volante, o ambiente é acolhedor, marcado pela sensação de qualidade dos materiais e pela insonorização a bordo 

Para isso foram introduzidos elementos adicionais de isolamento acústico, no pilar dianteiro, nas cavas das rodas e nos vidros dianteiros laterais, que são agora laminados. 

Como não poderia deixar de ser, o SUV está ao nível de um modelo premium no que respeita às tecnologias de segurança e apoio à condução. 

Assistência de condução inteligente, aviso de saída de faixa de rodagem, cruise control adaptativo, reconhecimento de sinais de trânsito, e sistema de pré-colisão, são os sistemas de série. 

As versões mais equipadas contam ainda com alerta de ângulo morto e detecção traseira de aproximação de veículos.

O novo ecrã táctil do sistema de infoentretenimento, de nove polegadas poderia ser mais evoluído mas é colmatado pela informação simples e clara dos dados. 

Tem conectividade com o Apple CarPlay e Android Auto, enquanto o painel de instrumentos consiste num ecrã TFT de sete polegadas, podendo integrar, opcionalmente, o visor head-up

Consumos controlados 

O comportamento em estrada do RAV4 Plug-In Hybrid é bem positivo, mesmo em percursos mais sinuosos, mas é essencial uma condução discreta para controlar os consumos. 

Em modo híbrido pouco passa de um litro a cada cem quilómetros, mas, esgotada a bateria e apenas com o motor térmico a trabalhar, pode ultrapassar os oito litros. 

À disposição do condutor estão os modos de condução Eco, Normal e Sport, com o Trail destinado às aventuras fora de estrada, todos eles compatíveis com o sistema híbrido plug-in.

São os modos de gestão da bateria que acabam por ser as mais valias do modelo. O condutor pode optar pelos modos 100% eléctrico, automático, 100% híbrido e carregamento da bateria. 

A recarga da bateria em andamento exige uma gestão controlada, no entanto, para o consumo de gasolina não disparar. 

Dos zero aos 100 km/hora precisa apenas de seis segundos, o que não deixa de ser positivo para um SUV que pesa quase duas toneladas. 

A velocidade máxima está limitada a 135 quilómetros/hora em modo eléctrico mas, com os três motores a trabalharem em conjunto, chega aos 180 quilómetros/hora. 

O visual distinto e requintado reflecte a potência e dinamismo do Toyota RAV4 Plug-In Hybrid, reforçando os argumentos que tornam este SUV um sucesso. 

A mecânica é mais flexível e a autonomia eléctrica é muito superior em relação aos rivais mais directos. 

A entrada na gama, que dispõe dos níveis de equpamento Comfort, Square Collection, Premium e Lounge, faz-se a partir dos 54.990 euros, já com impostos e despesas incluídos, com a variante mais equipada a chegar aos 61.990 euros. 

FICHA TÉCNICA

Motor térmico: gasolina de 2.5 litros e quatro cilindros

Cilindrada: 2.487 cc

Potência máxima: 185 cv às 6.000 rpm

Motor eléctrico: dois, de 40 kW e 134 kW

Potência combinada: 306 cv

Transmissão: automática

Velocidade máxima: 180 km/h

0-100 km/h: 6,0 segundos

Consumo combinado: 1,0 litros/100 km

Emissões CO2: 22 g/km

Preço: a partir de 54.990 euros 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.