Pesquisa
Desporto

F1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red Bull

11:03 - 24-10-2022
 
F1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red Bull
F1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red BullF1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red Bull
F1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red Bull

A Red Bull garantiu este domingo a vitória no Mundial de construtores, destronando a Mercedes, que foi campeão do mundo nas últimas oito temporadas.

F1: Verstappen vence GP EUA e dá título de construtores à Red Bull

O feito foi conseguido à custa de Max Verstappen, que venceu o Grande Prémio dos Estados Unidos em Fórmula 1.

O piloto holandês, que assegurou a revalidação do título de campeão há duas semanas no Japão, conquistou a 13.ª vitória da temporada, igualando o recorde dos alemães Michael Schumacher e Sebastian Vettel.

Verstappen deixou o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, a 5,023 segundos, com o monegasco Charles Leclerc, da Ferrari, a ficar em terceiro, a 7,501 segundos.

Carlos Sainz Jr., da Ferrari, que tinha conquistado a pole position nas qualificações deixou a prova logo na primeira volta após sofrer um choque de George Russell, da Mercedes.

Graças ao triunfo do piloto da Red Bull no Circuito das Américas, em Austin, a construtora garantiu o título no Mundial, que é também o primeiro desde 2013.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.