Pesquisa
pub
Ensaio
Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!
13:03 - 11-11-2017
  40
Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!
Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!Guiámos o Kia Niro Plug-In Hybrid, crossover com "sede de passarinho"!
Nascido logo como híbrido para se destacar no aguerrido segmento dos "crossovers" ou, se preferir, dos "SUV urbanos", o Kia Niro recebeu neste final de ano o seu maior trunfo, uma versão de "carregar na tomada", com autonomia eléctrica anunciada de 58 km! O Niro Plug-in Hybrid (PHEV) consegue, assim, consumos muito mais baixos que a primeira versão híbrida a chegar ao mercado.

DESIGN.
Ora aqui está o modelo ideal para explicar o que se entende por "crossover"! O Kia Niro parece-se com uma carrinha, mas é 6 cm mais alto que o c’eed SW (automóvel de passageiros), embora seja 10 cm mais baixo que o Sportage, assumidíssimo SUV. Consegue, assim, uma posição ligeiramente sobrelevada de condução, hoje em dia muito apreciada, mas com um acesso a bordo perfeito, mesmo ao nível das ancas, sem precisar de descer como no c’eed ou de "trepar" como o Sportage.

A sua imagem não é, contudo, das mais excitantes que existem na gama do construtor sul-coreano, primando pela discrição das formas que apenas assumem mais forte personalidade na frente.

HABITÁCULO. Os generosos 2,7 m de distância entre eixos estão bem reflectidos no habitáculo do Niro que é bastante espaçoso, nomeadamente para os ocupantes do banco traseiro. Não só têm largueza para as pernas como a altura ao tecto é também ampla, dando uma sensação de desafogo que é sempre bem-vinda

À frente encontramos um "tablier" típico da Kia, muito semelhante aos de outros modelos da marca, mas com a qualidade de ter os comandos bem posicionados, exceptuando talvez os botões exagerados para manusear a climatização. Os materiais usados são de boa qualidade para este segmento e a montagem mostra o habitual rigor da marca sul-coreana.

Mas como no melhor pano cai a nódoa, o que terá passado pela cabeça dos responsáveis do projecto Niro para, eventualmente libertarem a consola central, recuperarem um obsoleto pedal para fazer de travão de mão? Até já a Mercedes, última incondicional desse sistema, o está a abandonar… Parece que a troca desse pedal por um botão de travão de estacionamento eléctrico é um "a fazer" no "restyling" do Niro…

Por fim, como seria de esperar, a bagageira é pequena, apenas com 324 litros, o que poderá ser um óbice em termos de funcionalidade. Mas era preciso "encaixar" as baterias de iões de lítio, com 8,9 kWh de capacidade, nalgum lado…

AO VOLANTE.
O Kia Niro PHEV arranca sempre no modo eléctrico e, se a bateria estiver carregada – o que numa banal tomada eléctrica de 16ª demora à volta de quatro horas –, fará sem grandes dificuldades 50 km em trânsito citadino. Aí se consegue apreciar, em silêncio, o bom nível de conforto deste modelo da Kia com um amortecimento macio. Isso, mais a suavidade do modo eléctrico, e este Niro transforma-se num veículo "zen" em que dá prazer viajar.

Mas a bateria não dura sempre e uma altura chega em que o motor a gasolina tem de ser chamado à acção. Sem grandes exigências, mal se ouve e lá vai dando uma preciosa ajuda, embora se notem logo os consumos a subir. Os 1,3 l/100 km anunciados são totalmente irrealistas, mas é fácil, mesmo numa condução mais despachada, ficar abaixo dos 4 l/100 km andando sempre no modo híbrido.

A macieza das suspensões tem, contudo, um "contra" que é a forma como o carro adorna nas curvas descritas numa toada mais rápida. Este Niro é, definitivamente, um veículo familiar para tranquilos passeios que até podem passar por breves escapadelas do asfalto, desse que não haja trilhos demasiado complexos, pois só tem tracção dianteira e 16 cm de altura ao solo. Até porque a adopção de uma bateria de maiores dimensões obrigou-o a perder o pneu sobressalente de socorro (que o Niro HEV, o híbrido "normal", tem), ficando apenas com um "kit" reparador de furos…

O Kia Niro Plug-in Hybrid vem já com equipamento muitíssimo completo rico a todos os níveis, com destaque para a adopção do "pack safety" que contra com travagem autónoma de emergência, vigilância do ângulo morto, aviso de tráfego na rectaguarda e "cruise control" adaptativo . Só falta mesmo a quase obrigatória pintura metalizada (390 €)…

Ficha técnica

Motor a gasolina                                       1.6 Kappa GDi

Cilindrada (cc)                                          1 580

Potência máxima (cv/rpm)                        105/5 700

Binário máximo (Nm/rpm)                         147/4 000

 

Motor eléctrico                                         Síncrono

Potência (kW-cv/rpm)                              44,5-61/2 330 – 3 300

Binário (Nm/rpm)                                    170/0 – 2 300

 

Desempenho conjunto

Potência (cv/rpm)                                    141/6 000

Binário (Nm/rpm)                                    265/2 330

Velocidade máxima (km/h)                       172

0 a 100 km/h (s)                                     10,8

Consumo médio (l/100 km)                      1,3

Emissões de CO2 (g/km)                          29

Preço (€)                                                38 490

Preço da unidade ensaiada (€)                  40 558


+ SISTEMA HÍBRIDO. É de funcionamento extremamente eficaz, se utilizado com os devidos cuidados. Na cidade conseguem fazer-se 50 km em modo eléctrico, o que é mais do que muita gente percorre num dia de trabalho. E a gestão entre o motor a gasolina e o eléctrico é feita de forma quase imperceptível.

- PRESTAÇÕES. Com um total de 141 cv e 265 Nm para quase 1600 kg nesta versão mais equipada, o Niro PHEV entra… em conflito: para conseguirmos o seu objectivo de baixos consumos temos de ter paciência nos ganhos de velocidade; se temos pressa e precisamos que ele se despache, lá se vão as vantagens híbridas…

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
PUB
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres