Pesquisa
Nova Ford E-Transit Courier: maior, mais inteligente e mais conectada

Depois da E-Transit Custom, a Ford Pro volta a atacar a mobilidade eléctrica com a nova E-Transit Courier para o segmento de veículos comerciais.

O novo utilitário compacto estará disponível, para além da unidade 100% electrificada de 100 kW (136 cv), com soluções convencionais a gasolina e gasóleo.

A E-Transit Courier fará a sua estreia pública no salão de veículos comerciais de Birmingham, no Reino Unido, a 18 de Abril, com a entrada em produção prevista para o final do próximo ano.

As variantes com motores a gasolina e diesel poderão ser encomendadas já a partir deste Verão, com as primeiras entregas a acontecerem antes do final do ano.

Mais soluções de carga

A Courier representa o utilitário comercial mais compacto de toda a gama Ford Transit. Completamente redesenhada, os seus 4,34 metros de comprimento oferecem uma área de carga maior e mais flexível.

São mais 25% de capacidade face ao modelo que agora substitui, para os 2,9 metros cúbicos e 700 quilos de carga máxima, o que lhe dá espaço suficiente para carregar duas europaletes.

A sua capacidade pode ser ainda aumentada quando usada a nova antepara de carga, uma abertura que permite transportar artigos como tábuas ou tubos com mais de 2,6 metros de comprimento.

E, a bordo, dispõe de um office pack, que a Ford considera único na sua classe, com uma superfície de trabalho plana dobrável e iluminada para usar um portátil ou preencher a "papelada" do dia.

Interior moderno e conectado

A nível estético, a E-Transit Courier uma silhueta muito quadrada mas atenuada pelas curvas que marcam a dianteira.

A bordo beneficia de um tabliê com um visual moderno, distinguido por um quadro de instrumentos digital de 12 polegadas e um volante do tipo squircle que melhora o espaço para as pernas e a visibilidade do condutor,

Ao centro está o ecrã táctil multimédia de 12 polegadas com o sistema de infoentretenimento SYNC 4 da Ford, sendo compatível de série com Android Auto e Apple CarPlay sem fios.

A navegação conectada, disponível por subscrição, tem funções como actualizações sobre o tráfego em tempo real, estacionamento, carregamento e perigos locais.

Carregamentos em 35 minutos

A alimentar a E-Transit Courier está um motor eléctrico com 100 kW (136 cv) de potência, com capacidade de condução com One Pedal, mas não é indicada a capacidade nem a autonomia dada pela bateria.

A Ford explica apenas que pode ser carregada num posto rápido até 100 kW em corrente contínua. Em dez minutos, acrescenta mais 87 quilómetros de autonomia, com a carga de dez a 80% a fazer-se em 35 minutos.

Em corrente alternada até 11 kW num posto público ou doméstico,, o carregamento da bateria faz-se em menos de seis horas

É oferecido um ano de acesso gratuito à rede de carregamento Blue Oval, programada para incluir 500 mil carregadores públicos até 2024.

O sistema Plug & Charge permite ligar o veículo à ficha sem mais delongas desde que usem carregadores compatíveis com a rede de carga Blue Oval.

O carregamento começa de forma automática, com a factura e o resumo do carregamento a serem enviados ao proprietário após desligar o cabo da tomada.

A função Intelligent Range, albergada na "nuvem", recolhe dados para fornecer números mais precisos de autonomia.

As frotas com cinco ou mais veículos também podem beneficiar de um ano de acesso gratuito às funções personalizadas do Ford Pro E-Telematics.

O sistema monitoriza em tempo real do estado actual ou específico de carregamento, bem como a autonomia disponível com níveis de alerta personalizáveis, e tem funções para auxiliar o Ford Pro Charging.

Apoio ao condutor abrangente

Ao nível da segurança, dispõe de série de um conjunto abrangente de sistemas de apoio ao condutor, a que se soma um pacote opcional com cruise control adaptativo, manutenção de faixa e stop & go.

Monitorização do ângulo morto com alerta de tráfego transversal, e assistências ao tráfego em cruzamento e à travagem em marcha atrás também fazem parte dessa solução.

Cada E-Transit Courier possui um modem incorporado de série para estar sempre ligado ao ecossistema Ford Pro e receber actualizações de software remotas.

Depois de activado, o condutor pode beneficiar de alertas de segurança melhorados para colisões ou arrombamentos.

Além disso, os gestores de frotas podem activar e desactivar remotamente o veículo para prevenir roubos ou utilizações não autorizadas.

E, em termos de manutenção, A Ford Pro Service espera que os custos não programados sejam, pelo menos, 35% mais baixos do que nos modelos com motores a gasóleo.

A novíssima Ford Transit Courier chega ao mercado antes do final de 2023 com uma gama de furgões que inclui carroçarias de cabine dupla e as versões topo de gama Limited e Active com motores a gasolina e diesel.

Já a E-Transit Courier, que fará a 18 de Abril a sua estreia pública no salão de veículos comerciais de Birmingham, no Reino Unido, entrará em produção no final do próximo ano.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.