Pesquisa
GP Doha em MotoGP: Miguel Oliveira em 15.º depois de arranque-canhão

O francês Fabio Quartaro foi o grande vencedor do Grande Prémio de Doha, numa prova marcada pelo arranque-canhão de Miguel Oliveira na linha de partida. 

Foi a primeira vitória da temporada para o piloto francês da Yamaha na segunda etapa do Mundial. 

Miguel Oliveira, pela KTM, que largou da quarta linha da grelha, terminou em 15º lugar, depois de ter chegado à primeira curva em terceiro no arranque da corrida. 

Infelizmente, não conseguiu manter a posição e foi perdendo posições à medida que a prova se desenrolava. 

O piloto português explicou que ficou limitado por uma avaria no mostrador de informação da mota pouco depois do início da prova. 

"O mostrador ficou negro" e deixou de ter acesso a informações, "como os diagramas do motor, a temperatura dos pneus ou o momento de trocar de velocidades". 

O piloto luso espera, agora, recuperar no Grande Prémio de Portugal, em Portimão, próxima prova do campeonato, a 18 de Abril. 

O Grande Prémio de Doha foi vencido por Fabio Quartaro, da Yamaha, seguido de Johann Zarco e Jorge Zarco, da Pramac Racing, ambos a correrem com Ducati. 

Após duas provas realizadas, Miguel Oliveira ocupa a 14.ª posição do Mundial, com quatro pontos, a 36 do líder Johann Zarco. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.