Pesquisa
Catalisador roubado num minuto em plena luz do dia

Menos de um minuto em plena luz do dia! É o tempo necessário para roubar o catalisador de um automóvel sem ser interrompido. 

A polícia britânica de Derbyshire publicou esta semana nas redes sociais imagens filmadas por uma câmara de circuito interno, com três homens a roubarem o componente. 

A publicação no Twitter é mais um alerta para os automobilistas estarem atentos contra gangues especializados no roubo de catalisadores. 

As imagens, registadas a 24 de Setembro do ano passado, mostram dois membros do trio a vigiarem a rua. 

O terceiro cúmplice está já em plena actividade a serrar o conversor catalítico avaliado em mais de 500 euros com uma rebarbadora de metal. 

Feito o "serviço", o grupo parte do local, com a matrícula falsa a desprender-se da traseira do carro. 

Os ladrões foram apanhados pouco tempo depois, após uma dramática perseguição policial a alta velocidade em Spider Island, Derby, no centro de Inglaterra. 

O trio foi levado a tribunal e condenado entre oito meses de pena suspensa e dois anos de prisão efectiva, de acordo com o diário britânico The Sun

O furto de catalisadores no nosso país é também uma prática cada vez mais comum. Só nos primeiros quatro meses deste ano, as patrulhas do comando da PSP de Lisboa prenderam 33 pessoas em flagrante delito, e identificou 81 indivíduos, de acordo com o Correio da Manhã. 

O roubo de catalisadores é considerado atractivo pelo elevado valor dos materiais usados no seu fabrico no mercado ilegal. O paládio é considerado o mais valioso, podendo mesmo superar o valor do ouro cotado em bolsa. 

O roubo de catalisadores é quase sempre feito da mesma maneira. Os ladrões deitam-se debaixo do carro, do lado do condutor, e cortam-nos com uma rebarbadora de metal. 

Em poucos minutos retiram o componente, com a falta apenas a ser dada pelos donos dos carros quando tentam usá-los. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
comentário mais votado
H. RAQUI   19:09 - 29-04-2021
E podem informar qual é o tipo de condenação habitual para os que cá em Portugal fazem esses trabalhinhos, para podermos comparar com as que foram aplicados a esses marmanjos?...Não seria interessante podermos fazer tal comparação? Se calhar!
Pedro Andrade   21:11 - 30-04-2021
VOTAR
Toda a gente queria uma posição no BCP e os Bancos CGD, BES e talvez Montepio emprestavam milhões aceitando como garantia as ações. Então quem falhou? Foram claramente os Bancos.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Pedro Andrade   21:06 - 30-04-2021
VOTAR
Pois o meu também foi roubado mas de noite e com a mesma rapidez. Os catalisadores antigos tinham um dos metais que era o paladium(?) que vale mais de cem euros. Esse catalizador tinha dez gramas desse metal e de outro também valioso. Hoje já não são assim.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
jorge vicente Adão   12:17 - 30-04-2021
VOTAR
Corte das mãos.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Carlos Garcao   09:30 - 30-04-2021
VOTAR
e consequencias?.na justiça saiem a rir e voltam a actividade de sempre.
dveriam cortar-lhes uma mao - vejam o que fazem em certos paises muculmanos - ouentao com queimadura quimica na testa.
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
FRUTARIA FCP   23:43 - 29-04-2021
VOTAR
A pena é leve..., deveriam ser 10 anos, e multa de 50 mil €uros, mas com a pseudo justiça que temos..., é sonhar !
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
H. RAQUI   19:09 - 29-04-2021
VOTAR
E podem informar qual é o tipo de condenação habitual para os que cá em Portugal fazem esses trabalhinhos, para podermos comparar com as que foram aplicados a esses marmanjos?...Não seria interessante podermos fazer tal comparação? Se calhar!
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.