Pesquisa
NASCAR: bate no muro e ultrapassa rivais pela direita

A manobra é mais própria de um jogo de vídeo do que numa verdadeira pista de corrida mas o impensável aconteceu em Martinsville no último fim-de-semana.

E até Fernando Alonso, da BWT Alpine F1 Team, comentou no Instagram que foi o melhor que viu este ano nos desportos motorizados.

Ross Chastain precisava de terminar à frente de Denny Hamlin, que tinha dois pontos de avanço na classificação geral do NASCAR Cup Series.

Só dessa forma conseguiria ser um dos quatro pilotos eleitos para o Championship 4, que irá decidir o título do campeonato na última corrida, que irá acontecer este domingo em Phoenix.

Infelizmente, o piloto da Trackhouse Racing Team ocupava a décima posição enquanto o rival estava no quinto lugar, na última das 500 voltas à pista.

O truque à videogame que tirou da algibeira? Atirar literalmente o Chevrolet Camaro ZL1 contra o muro na penúltima curva e pôr prego a fundo.

A ideia foi tão bem conseguida que o piloto passou como um "foguete" por toda a concorrência (a mais 80 km/hora, pelo menos!) e conseguiu ultrapassar Denny Hamlin.

Acabou por classificar-se no quarto posto, depois de o piloto que seguia à sua frente ter sido desclassificado.

Mais incrível ainda é que, com essa manobra, registou um novo recorde para a volta mais rápida ao circuito de Martinsville Speedway: 18,845 segundos para percorrer os 847 metros da pista.

"Joguei bastante o NASCAR 2005 na GameCube quando era miúdo", explicou Ross Chastain no final da corrida. "No jogo conseguias escapar-te a fazer isto mas não fazia ideia de que podia resultar mesmo".

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.