Pesquisa
Novo Porsche 911 GT3 R: mais potente e mais fácil de conduzir

Há um mês que a Porsche mostrou as primeiras imagens do novo 911 GT3 R para o Mundial de Resistência de 2023 mas no final da última semana revelou o super desportivo em toda a sua grandeza.

Equipado com um motor maior e mais potente do que seu antecessor, tem um melhor desempenho aerodinâmico e um equilíbrio optimizado, sendo mais fácil de configurar e de conduzir.

Fulcral para a performance do Porsche 911 GT3 R está o novo bloco de seis cilindros, que viu a cilindrada passar dos anteriores 3.997 para 4.194 centímetros cúbicos.

A potência passa a ser agora de 565 cv mas a principal razão para esta evolução foi tornar as faixas de potência e de binário mais responsivas para pilotos com diferentes níveis de experiência de condução.

O motor mantém-se na traseira mas foi inclinado para a frente em 5,5 graus para dar mais espaço ao difusor traseiro.

Os componentes auxiliares também foram movidos para a frente e para baixo no espaço deixado pelo motor para melhorar a distribuição de peso.

A caixa sequencial de seis velocidades, derivada do Porsche 911 GT3 Cup permite aos pilotos seleccionarem as marchas atrás das patilhas no volante, que controlam um actuador electrónico para passagens mais rápidas.

A suspensão foi igualmente alterada, com a dianteira a ganhar triângulos duplos de última geração e a traseira a ter uma configuração multibraços.

Os amortecedores da KW foram projectados para serem facilmente configuráveis ajustáveis com calços que não exigem um realinhamento demorado da suspensão após cada afinação.

A maneira como os pontos de articulação central no eixo dianteiro foram executados oferece mais espaço para o 911 GT3 R ganhar maior aerodinamismo em pista.

À semelhança do 911 RSR, a parte inferior da carroçaria mais elevada permite que o ar atinja o difusor e reduza a inclinação do carro, reforçando ainda mais força descendente sem aumentar o atrito.

A distância entre eixos também foi esticada, para os 2,51 metros, para reduzir as cargas nos pneus traseiros e melhorar a sua consistência nas longas corridas de resistência.

À frente, os discos de travão ranhurados em aço têm 390 mm de diâmetro e são fixados por pinças de seis pistões. Os traseiros medem 370 mm de diâmetro e recebem pinças de quatro pistões.

Praticamente todos os painéis da carroçaria são em fibra de carbono, para manter baixo o peso do super desportivo, e os arcos das rodas são em fibras de aramida.

O posto de condução, agora mais central, permitiu a instalação de um banco mais ergonómico e uma gaiola de protecção mais resistente, de acordo com as novas regras da FIA relativos a impactos laterais.

O habitáculo ganha ainda o ecrã de 10,3 polegadas já presente no 911 GT3 Cup com uma concepção multicomandos.

"A nossa missão não era tanto torná-lo ainda mais rápido", explica Sebastian Golz, responsável pelo projecto, "mas antes dar aos nosso clientes condições para conduzirem um carro rápido durante mais tempo".

Com a apresentação oficial prevista para este Verão, o novo Porsche 911 GT3 R é proposto na Alemanha a partir de 511 mil euros, a que se somam os impostos específicos de cada país.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.