Pesquisa
Muse e Lamborghini: a mesma adrenalina na pista e em palco

Qual a diferença entre tocar para milhares de pessoas e acelerar um super desportivo de excepção numa pista?

Para os Muse, não há nenhuma, e são os próprios membros do grupo britânico a afirmarem que "conduzir um Lamborghini é como estar em cima de um palco".

Talvez por isso o líder Matt Bellamy e o baterista Dom Howard decidiram visitar a sede da marca  para conduzirem um Huracán STO no circuito de Modena antes de actuarem esta sexta-feira no festival Firenze Rocks.

Certo é que os Muse não escondem a sua paixão pelos super desportivos da Lamborghini. Em 2018, guiaram um Countach para o videoclip da canção Something Human e, no ano seguinte, testaram naquela pista vários modelos da marca

"Foi fantástico: é o mesmo tipo de emoção e adrenalina que sentimos quando actuamos ao vivo", destacaram Bellamy e Howard no final do "passeio".

Questionados sobre quais os seus modelos favoritos, as respostas foram inequívocas: "o Countach original mas, se tivéssemos de escolher hoje, seria o Aventador".

E até já têm itinerários específicos para cada um dos super desportivos da insígnia de Sant'Agata Bolognese: um Huracán Spyder para percorrer a costa do Pacífico dos Estados Unidos, e "um STO para guiarmos no sul da Europa, especificamente a costa italiana".

A banda sonora também já está definida: "Jimi Hendrix ou Daft Punk seriam perfeitos", afirmaram os dois membros dos Muse.

Recorde-se que o grupo apresenta este sábado ao vivo, no Rock in Rio Lisboa, temas do novo álbum Will of the People, que será editado a 22 de Agosto.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.