Pesquisa
Militem Feróx 500: um Jeep Wrangler Rubicon 392 ainda mais radical

Chama-se Feróx 500 e é a reinterpretação do Jeep Wrangler preconizado pela Militem. Quinto modelo recriado pela preparadora italiana, este "todo o terreno" ganha um visual mais radical pelo uso e abuso da fibra de carbono.

A rematar o conjunto estão rodas de 22 polegadas para pneus 325/50, e quatro ponteiras de escape cuja banda sonora pode ser regulada pelo condutor.

O que não foi mexido foi mesmo o enorme bloco V8 de 6.4 litros que alimenta o Rubicon 392, versão exclusiva para o mercado americano.

A potência ultrapassa os 470 cv enquanto 75% dos 637 Nm de binário é entregue a baixas rotações. A transmissão às quatro rodas é feita através de uma caixa automática TorqueFlite de oito relações.

No campo mecânico, este Militem Feróx 500 conta com discos de travão de 370 mm de diâmetro, com pinças de seis pistões à frente e de quatro atrás.

A suspensão em alumínio também foi revista, e os amortecedores hidráulicos permitem elevar a distância ao solo.

Em aceleração pura e dura, só precisa de 4,6 segundos para cumprir os zero aos 100 km/hora, não tendo sido referida a velocidade máxima.

Claro que, para estes desempenhos, os gastos com a gasolina não deverão ser baixos, prevendo-se consumos em redor dos 16,5 litros/100 km.

Agressivo quanto baste

Quanto à estética, o Feróx 500 releva ainda mais a alma agressiva que o Rubicon 392 já possuía. Mantém-se o exterior wide body, enriquecido com elementos únicos para esta variante e, atrás, desapareceu a roda sobresselente.

À frente, destaca-se o uso abundante da fibra de carbono na nova grelha, com hexágonos bicolores maiores, e nas entradas de ar.

É a bordo que se verificam as maiores (e nada discretas) mudanças mas apenas nos acabamentos e não tanto da configuração do habitáculo.

Os bancos redesenhados integram agora os apoios de cabeça, e são revestidos em pele nappa e Alcantara vermelho, à semelhança do tabliê.

Proposto como opção é um pacote especial em fibra de carbono para os puxadores das portas, volante e consola central.

De série é a capota rígida, dividida em três secções para mais fácil remoção, que pode ser substituída por uma em lona com abertura automática.

O Militem Feróx 500 é proposto em Itália a partir de 149.500 euros, desconhecendo-se se terá distribuição no nosso país.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.