Pesquisa
Exclusividade: este Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse é uma obra de arte... e está à venda

Qualquer Bugatti é, per se, uma obra de arte, mais ainda quando os milionários proprietários que o adquirem, o personalizam de tal forma que nenhum é igual ao outro.

É o caso deste Veyron Grand Sport Vitesse de 2015, dos quais só foram construídos 92 exemplares de um total de 450 para toda a gama.

"Decorado" em fibra de carbono em azul-escuro, é um feliz contraste com as peças no mesmo material, mas em preto, no capô, pilares A, tampa do motor e asa traseira.

A rematar o conjunto exterior estão as jantes em liga leve pintadas a preto, a esconder as pinças de travão em azul-escuro.

Elegante quanto baste, sem perder um pingo de agressividade, tem ainda a carroçaria protegida por uma película especial, e será vendido com as capotas flexível e rígida removível

A britânica Romans International, que está a vender o hiper desportivo no seu portal com o preço sob consulta, assegura que as manutenções foram inteiramente feitas pela construtora francesa.

O interior é dominado pelos revestimentos e estofos dos bancos em pele a laranja e preto brilhante, com o painel central a ter acabamento em fibra de carbono escura.

A mecânica é a original, o que significa que a alma deste Bugatti Veyron Grand Sport Vitesse é o bloco W16 quad-turbo de 8.0 litros com 1.200 cv e 1.500 Nm.

Potência e binário são passados às quatro rodas através de uma transmissão automática de dupla embraiagem com sete relações.

Os zero aos 100 km/hora fazem-se em 2,6 segundos para uma velocidade de ponta quase a bater nos 410 km/hora.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.