Pesquisa
Novitec dá 802 cv ao Ferrari F8 Spider cheio de carbono

A Novitec voltou a marcar a diferença na preparação dos super carros que entram nas suas oficinas ao deitar as "mãos" ao Ferrari F8 Spider. 

E o resultado final é deslumbrante para os ferraristas que gostam de dar mais corpo e presença ao modelo dos seus sonhos. 

Não é que as actualizações visuais e de desempenho sejam muito diferentes do que imprimiram ao Novitec Ferrari F8 Tributo mas, o facto de ser descapotável, dá-lhe uma agressividade ainda mais vincada. 

A fibra de carbono manda na estética exterior do super desportivo, como já é imagem de marca da preparadora germânica. 

Entre os vários componentes aerodinâmicos estão um divisor de duas peças, abas frontais e laterais com novas entradas de ar, e inserções no capô. 

Atrás destacam-se o spoiler e um novo difusor com aletas maiores mas, para quem quiser atrair ainda mais atenção sobre o super desportivo, pode sempre equipá-lo com uma asa traseira maior em fibra de carbono. 

O mesmo material foi aplicado nos puxadores das portas, nas molduras dos retrovisores laterais e no capô.

O F8 Spider recebe ainda um jogo de jantes forjadas Novitec NF10, fruto da colaboração com a Vossen, com acabamento em bronze acetinado. 

São 21 polegadas à frente e 22 atrás, equipadas com pneus 255/30 ZR e 335/25 ZR de de alto desempenho. 

Com a instalação de molas desportivas Novitec, a suspensão foi rebaixada em 35 mm, o que, à partida, garante uma melhor condução. 

A protecção do divisor dianteiro na passagem de lombas ou no acesso à garagem é assegurada por uma suspensão hidráulica que eleva em 40 mm o eixo dianteiro. 

O bloco V8 biturbo de 3.9 litros, de 770 cv e 770 Nm, também recebeu um tratamento especial com a utilização do módulo de calibração do software Novitec N-Tronic. 

Sem ter sido necessário "mexer" no hardware, o motor ganhou mais alma ao passar a debitar 802 cv e 898 Nm. 

E o aumento de potência e binário sente-se bem na estrada, ao fazer agora 2,6 segundos dos zero aos 100 km/hora, e 7,8 segundos para chegar aos 200 km/hora. 

São menos duas e quatro décumas de segundo, respectivamente, ao que o motor de fábrica consegue cumprir, chegando aos 340 km/hora de velocidade máxima. 

Quanto ao sistema de escape, a Novitec propõe várias opções, com ou sem flaps activos, onde nem sequer falta o dispositivo em Inconel com revestimento em ouro fino 999. 

Não foram indicados preços para as actualizações do super desportivo mas não serão baratas, tendo em conta que o Ferrari F8 Spider de fábrica custa cerca de 250 mil euros. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.