Pesquisa
Tome Nota
Podridão nas árvores obriga a mudanças no Rali de Gales
14:58 - 06-07-2017
  2
Podridão nas árvores obriga a mudanças no Rali de Gales

Organizar o Rali de Gales promete ser tarefa difícil, mas a edição de 2017 parece estar destinada a dar muitas dores de cabeça. Os permanentes problemas causados pela "Lei de Bosques" têm dado descanso a pilotos e mecânicos, mas o que não seria de esperar era a dificuldade causada por phytophthora, uma espécie de fungo que apodrece as árvores.

Em risco está a possibilidade de queda de árvores, não reunindo condições para o público nem para os próprios participantes. Os organizadores da prova tiveram de mudar o percurso já por duas vezes, sendo obrigados a incluir um reabastecimento entre duas etapas.

É de recordar que o Rali de Gales já modificou a sua rota inicial para assegurar as horas mínimas de descanso entre a etapa de sábado e de domingo, depois de várias queixas das equipas do WRC. A organização eliminou a primeira passagem por Gwydyr, ganhando quase uma hora extra para o descanso dos pilotos e equipas. O rali ganhou uma Super Especial na jornada de quinta em Conwy Tir Prince. O resultado de todas as alterações é uma redução de 6,4 km em relação ao percurso inicial para o País de Gales.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.