Pesquisa
Tome Nota
“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!
17:15 - 24-01-2018
  277
“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!
“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!“Patrão” da Lotus apanhado em excesso de velocidade... "safou-se"!

Jean-Marc Gales, CEO da Lotus, foi "apanhado" pela polícia a 164 km/h numa zona em que o limite é 112 km/h, mas "escapou" sem nenhum ponto na carta de condução porque o seu advogado argumentou que é "vital" e imperativo que ele continue a testar os novos automóveis da marca britânica.

A notícia, avançada pelo "The Telegraph", dá conta que tudo aconteceu em Norwich, nas redondezas da sede da Lotus, e que a sentença recomendada era seis pontos na carta ou entre sete e 56 dias sem conduzir.

E esta punição podia mesmo revelar-se um problema sério para o CEO da Lotus, já que esta não é a primeira vez que Jean-Marc Gales tem problemas com as autoridades e já somava oito pontos. Se a esses pontos somarmos estes sete o total já ultrapassa os 12, o que significa que Gales podia vir a enfrentar até seis meses sem carta de condução.

Ainda assim, e depois do seu advogado apelar ao facto de ele "gostar de testar os carros pessoalmente", o juiz concordou em dar a Gales uma proibição de condução de 30 dias e uma multa de 725 euros.

 
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.