Pesquisa
Tome Nota

Mercado automóvel cresce 2% em 2021 mas cai 33% face a 2019

17:26 - 04-01-2022
 
Mercado automóvel cresce 2% em 2021 mas cai 33% face a 2019

O mercado automóvel em Portugal subiu 1,9% em 2021, face ao ano anterior, com 180.277 novos veículos registados. 

Todavia, as matriculações de viaturas novas recuaram 32,7% em comparação com 2019, de acordo com os dados avançados pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP). 

Novidade absoluta é o facto de a Peugeot ter fechado o último ano na liderança absoluta do mercado de automóveis ligeiros de passageiros e comerciais. 

"Eléctricos" em alta

"Em 2021, foram colocados em circulação 180.277 novos veículos, o que representou uma diminuição de 32,7% relativamente a 2019, apesar da comparação com 2020 apresentar um ligeiro aumento de 1,9%", indicou a ACAP em comunicado. 

Em Dezembro, foram matriculados 16.333 veículos automóveis, menos 28% do que no mesmo mês de 2019 e uma redução de 10,7% em comparação com o período homólogo de 2020. 

Por tipologia, de Janeiro a Dezembro foram matriculados 146.637 ligeiros de passageiros, uma redução de 34,5% face a 2019, e um acréscimo de 0,8% em comparação com 2020. 

Em Dezembro, as matrículas de ligeiros de passageiros novos ascenderam a 12.608 unidades. Tal significa um retrocesso de 28,9% em comparação com o mesmo mês de 2019 e de 11,5% face a Dezembro de 2020. 

"Em 2021, registou-se um aumento acentuado de 54,2% dos veículos ligeiros de passageiros movidos a outros tipos de energia, nomeadamente eléctricos e híbridos", sublinhou a associação. "Em particular, verificou-se um aumento de 69,3% nos veículos eléctricos em comparação com 2020". 

Significa isto que as vendas de viaturas híbridas plug-in e 100% eléctricos já valem um terço do mercado, contra um quinto dos modelos com motorização a gasóleo. 

Por sua vez, no ano passado, o mercado de ligeiros de mercadorias registou 28.790 unidades. O número representou um decréscimo de 25,1% face a 2019, e a um aumento de 4,4% em comparação com 2020. 

No último mês de 2021, verificou-se um retrocesso de 27,7% neste mercado, face a 2019, para 3.281 unidades matriculadas e a um decréscimo de 10,7% em relação a 2020. 

Quanto aos veículos pesados de passageiros e de mercadorias, contabilizaram-se, no acumulado de 2021, 4.850 unidades registadas. É uma perda de 13% face a 2019, e um aumento de 21,3% comparativamente a 2020. 

Em Dezembro, constatou-se um aumento de 2,5% neste mercado em relação ao mesmo mês de 2019, com 444 veículos comercializados, mas, face a 2020, houve uma subida de 21,6%. 

Peugeot líder absoluta 

A Peugeot assumiu a liderança do mercado, no segmento de ligeiros de passageiros e comerciais, com 22.891 unidades vendidas, correspondente a uma quota de 13,1%. 

Foi também a marca mais vendida no segmento de ligeiros de passageiros, com 17.595 unidades vendidas, a que corresponde uma quota de mercado de 12%. 

A Renault caiu para a segunda posição nas vendas totais de 2021, com 15.439 veículos ligeiros de passageiros vendidos, e 10,53% de quota de mercado. 

O primeiro lugar, no entanto, foi mantido no segmento de ligeiros comerciais, com 5.337 unidades vendidas. 

A Mercedes fechou 2021 no lugar mais baixo do pódio mas é a primeira entre as marcas premium. A insígnia germânica conquistou uma quota de mercado de 7,76% no segmento de ligeiros de passageiros, com 11.383 unidades vendidas. 

A liderança no segmento dos híbridos plug-in e 100% eléctricos foi também mantida, com 4.402 unidades vendidas, a que corresponde uma quota de mercado de 15,2%. 

As marcas de luxo tiveram em 2021 um bom ano de vendas, com Bentley, Aston Martin, Ferrari, Lamborghini e Maserati a venderem 121 unidades. São mais 41 veículos comparativamente a 2020, em plena pandemia, e 32 unidades em relação a 2019. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.