Pesquisa
Tome Nota

Inferno rodoviário: 459 pessoas morreram na estrada em 2022

20:33 - 17-01-2023
 
Inferno rodoviário: 459 pessoas morreram na estrada em 2022

Os 123.689 acidentes rodoviários registados no ano passado provocaram 459 mortos e 2.208 feridos graves, a que se somam 37.947 feridos ligeiros.

Em comparação com 2021, registaram-se mais 14.362 desastres, mais 69 mortos, mais 102 feridos graves e mais 3.730 feridos ligeiros face ao último ano, segundo a nota divulgada pela agência Lusa.

Quando comparados com 2019, que é o ano de referência de monitorização, estes números revelam uma descida em todos indicadores de sinistralidade.

Os dados ainda provisórios foram divulgados esta terça-feira em Lisboa no seminário Mobilidade Activa: Futuro em Segurança organizado pelo Ministério da Administração Interna e pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

O ministro José Luís Carneiro precisou que, comparando os números provisórios de 2019 com os de 2022, verificaram-se menos 11.400 acidentes, menos 15 mortes, menos 93 feridos graves e menos 5.255 feridos ligeiros.

Em 2019, registaram-se 135.129 acidentes que causaram 474 vítimas mortais, 2.301 feridos graves e 43.202 feridos graves.

O ano de referência para monitorização das metas fixadas pela Comissão Europeia e por Portugal é 2019, uma vez que em 2020 e em 2021 houve quebras significativas na circulação rodoviária por causa da pandemia.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.