Pesquisa
Tome Nota

Destrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimento

22:42 - 04-01-2021
 
Destrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimento
Destrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimentoDestrói mais de 50 Mercedes para vingar despedimento

Ser alvo de despedimento não é das experiências mais salutares para uma pessoa, principalmente quando se torna efectivo no último dia do ano que agora findou. 

Despedido há três anos da fábrica espanhola da Mercedes em Vitoria-Gasteiz, no País Basco, onde são montadas as carrinhas Classe V, um operário decidiu vingar-se de uma forma rocambolesca. 

Ao volante de uma retroescavadora, que tinha roubado de um estaleiro da empresa de construção de onde tinha sido despedido nos últimos dias do ano, irrompeu nas instalações da fábrica automóvel na madrugada de 31 de Dezembro. 

Apontou às dezenas de carrinhas estacionadas no parque e, acto contínuo, começou a abalroá-las sem dó nem piedade. Só um tiro, disparado para o ar por um dos elementos da segurança, conseguiu pôr fim à destruição, antes de as autoridades policiais serem chamadas. 

Os estragos foram bem avultados mas, felizmente, não houve vítimas a lamentar, para além dos veículos. Já antes, o indivíduo tinha provocado vários danosna empresa de construção, assim como no percurso de 20 quilómetros que separavam a separavam da fábrica automóvel.

Mais de 50 carrinhas Mercedes jaziam em escombros após a fúria destruidora; outras fontes de informação indicam que terão sido destruídas 70 viaturas. 

E a aventura até poderia ter sido bem mais grave, já que o ex-operário tentou entrar com a retroescavadora na linha de montagem robotizada da fábrica para continuar com a vingança. 

As contas dos estragos ainda estão por fazer mas as primeiras estimativas apontam para mais de 2 milhões de euros de prejuízos, que poderão mesmo chegar aos 6 milhões.

O homem agora detido enfrenta acusações de destruição de propriedade pública e privada.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Castellini Franca   17:30 - 06-01-2021
VOTAR
Oferecemos o empréstimo a qualquer pessoa capaz de pagar em nossos termos. Você precisa fazer um empréstimo:
Email: Financepostal01@gmail.com
Número do WhatsApp: +31 687 441 337
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.