Pesquisa
Tome Nota

Citroën/DS e Polestar enterram machado de guerra

11:10 - 01-09-2022
 
Citroën/DS e Polestar enterram machado de guerra

A Citroën e a DS enterraram definitivamente o machado de guerra no conflito que mantinham com a Polestar desde há três anos.

Recorde-se que, em 2020, o construtor sino-sueco foi proibido de vender os seus automóveis em território francês pelo Tribunal de Paris.

E tudo porque os modelos "prejudicaram a reputação das marcas francesas", embora a principal razão incidisse sobre o logótipo da Polestar.

Segundo a Citroën (e depois a DS), o desenho do símbolo era demasiado semelhante aos "seus" chevrons invertidos, podendo confundir os consumidores.

Ambas as insígnias bem tentaram que os juízes da Comissão Europeia estendessem a proibição do símbolo a toda a Europa mas sem qualquer sucesso.

A Polestar, por seu lado, levou a tribunal ambas as marcas francesas, acusando-as de terem copiado o desenho das jantes de algumas versões da sua gama em vários mercados europeus.

Após mais de três anos de uma batalha legal nos tribunais, o conflito foi finalmente resolvido entre as partes envolvidas.

"As denúncias foram retiradas; o caso está encerrado", afirmou um porta-voz da Citroën ao diário francês Le Monde sem adiantar mais informações.

A partir deste momento, a Polestar já poderá comercializar as suas propostas automóveis em território francês.

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.