Pesquisa
Tome Nota
Bridgestone anuncia desaceleração de produção devido ao COVID-19
17:37 - 23-03-2020
 
Bridgestone anuncia desaceleração de produção devido ao COVID-19

A Bridgestone EMIA anunciou esta segunda-feira que, devido à pandemia do COVID-19, as fábricas europeias que fazem parte da sua cadeia de produção serão temporariamente encerradas ou irão sofrer cortes de produção.

Assim, tanto a fábrica de Béthune, em França, como a fábrica de Bari, em Itália, irão permanecer fechadas até 6 de Abril. Contudo, as fábricas em Bilbao, Puente San Miguel e Burgos, ambas em Espanha, bem como a fábrica de Lanklaar, na Bélgica, ou as fábricas de Stargard e Poznan, na Polónia, e, ainda, a fábrica de Tatabánya, na Hungria, vão continuar a funcionar, mas com uma redução da produção.

A empresa assegura que tem o fornecimento de produtos necessários para atender à procura dos clientes e, portanto, os centros de distribuição, armazéns e equipas de logística vão continuar a atender todos os pedidos. A empresa informa ainda que irá estar atenta e que avaliará permanentemente a situação, dependendo das necessidades.

Nos locais que continuam em operação, a Bridgestone reafirma que está a tomar as medidas de prevenção apropriadas, de acordo com os protocolos para a prevenção de riscos laborais, e seguindo rigorosamente as diretrizes e recomendações das autoridades de saúde em todos os seus locais de trabalho. Também foram implementados procedimentos e listas de verificação abrangentes para garantir a segurança no local de trabalho.

Nestes tempos sem precedentes em que vivemos, a principal prioridade da Bridgestone "é garantir o bem-estar e a segurança dos seus funcionários e a integridade das suas operações". 

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.