Pesquisa
Tome Nota
Autoeuropa suspende produção esta segunda-feira e reavalia situação em permanência
16:56 - 16-03-2020
 
Autoeuropa suspende produção esta segunda-feira e reavalia situação em permanência

A Autoeuropa suspendeu esta segunda-feira a produção e indica que se encontra a reavaliar a situação em permanência. A decisão surge depois de inicialmente a administração ter decidido reduzir os turnos de laboração, baixando a produção diária de 890 para 744 veículos.

Em comunicado, a fábrica do grupo Volkswagen em Palmela assinala que "tem vindo a implementar desde 28 de fevereiro diversas medidas de prevenção relacionadas com o risco de propagação da covid-19".

A Autoeuropa revela ainda que até à passada sexta-feira, 13 de Março, "foram colocados em quarentena preventiva sete colaboradores, por terem regressado de países de risco, não apresentando qualquer sintoma da covid-19".

Na sequência da decisão do Governo de encerrar todos os estabelecimentos de ensino, a administração da fábrica reuniu com a Comissão de Trabalhadores e foi acordada a "utilização da ferramenta de flexibilidade – down days – para permitir a assistência à família sem perda de retribuição".

Adicionalmente, "perante a previsão de ausências a partir do dia 16 de Março, decidiu-se ainda reduzir a produção diária de 890 para 744 unidades, contribuindo para ajustar a fábrica às condições exigidas pelas autoridades nacionais", nota o comunicado.

No entanto, "com a previsão de ausências a partir do turno da noite do dia 16 de Março, a Volkswagen Autoeuropa comunicou aos seus colaboradores e fornecedores a decisão de suspender os turnos de produção de segunda-feira".

Esta decisão, referiu ao Negócios fonte da Autoeuropa, poderá ser reavaliada "a qualquer momento", estando a administração da fábrica de Palmela em permanente contacto quer com a administração do Grupo Volkswagen na Alemanha, quer com as autoridades nacionais e com a Comissão de Trabalhadores.

A Autoeuropa é a maior fábrica de produção de automóveis em Portugal e, segundo fonte oficial da empresa, até ao momento não estava a sentir qualquer impacto na sua laboração devido à pandemia da covid-19 "quer ao nível do fornecimento de componentes, quer ao nível das encomendas".

Esta segunda-feira, o Grupo PSA anunciou que irá encerrar todas as suas fábricas na Europa ao longo desta semana, sendo que no caso da PSA de Mangualde, a segunda maior fábrica automóvel de Portugal, o fecho de portas está agendado para quarta-feira, 18 de Março.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.