Pesquisa
Tome Nota
Alpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binário
18:05 - 11-02-2019
 
Alpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binário
Alpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binárioAlpina B7 é uma "super belina" com 608 cv de potência e 800 Nm de binário

Depois da BMW actualizar o seu "navio almirante", o BMW Série 7, foi a vez da Alpina mostrar a sua versão radicalizada da berlina de luxo da marca de Munique, denominada Alpina B7.

Com estreia pública marcada para o Salão Automóvel de Genebra, no próximo mês de Março, o novo Alpina B7 conta com o mesmo desenho do novo Série 7, marcado pelo enorme "duplo rim" dianteiro, mas destaca-se pelas jantes em alumínio de 20 polegadas, pelos novas entradas de ar no pára-choques dianteiro e pelo difusor traseiro com saídas de escape circulares.

A isto ainda se junta um novo spoiler traseiro que ajuda a melhorar o comportamento aerodinâmico desta proposta, um novo sistema de suspensão adaptativa que ajusta a altura da carroçaria até 35 mm e discos de travões de maiores dimensões (395 mm à frente e 398 mm atrás).

O trabalho da Alpina também salta à vista dentro do habitáculo, com particular destaque para o novo volante desportivo com costuras azuis e verdes, para os bancos desportivos em pele e napa e para o painel de instrumentos "Live Cockpit" da BMW que passa a contar com uma imagem específica que faz referência ao preparador alemão.

O Alpina B7 é alimentado por um bloco V8 de 4.4 litros biturbo que produz 608 cv de potência e 800 Nm de binário, que passam a estar disponíveis logo a partir das 2.000 rpm. Este motor, que surge associado a uma caixa automática de oito velocidade e ao sistema de tracção integral xDrive da BMW, é capaz de levar o B7 dos 0 aos 100 km/h em 3,6 segundos e de acelerar até uma velocidade máxima de 330 km/h.

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.