Pesquisa
Super Carros

Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'

18:03 - 24-11-2021
 
Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'
Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'
Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'
Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'

Com o Rimac Nevera cada vez mais perto de entrar em produção, há vários pormenores de desenvolvimento que têm de ser resolvidos antes de subir para a linha de montagem.

Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'

E mais de uma dúzia de protótipos eléctricos foram construídos pela marca croata para os destruir em testes de colisão. 

É o caso deste Nevera apresentado neste vídeo especial, que tem sido usado como modelo de exibição e demonstração em vários eventos em todo o planeta. 

Foi também este hiper desportivo que se consolidou como o carro de produção mais rápido do mundo em termos de aceleração. 

À semelhança dos seus "irmãos", também ele será destruído em breve, como parte do programa de testes de homologação. 

Mate Rimac decidiu antes dar uma última volta no poderoso eléctrico mas fora da estrada, algo que os futuros donos do hiper desportivo nunca irão fazer. 

O teste começou numa estrada enlameada coberta de folhas, antes de seguir para o terreno onde está a ser construída a futura fábrica, nos arredores de Zagreb. 

E, de forma quase surpreendente, não se saiu nada mal um bólide que está a semanas de ser destruído por completo.

Rimac Nevera: rali na lama antes da destruição total em 'crash test'

Recorde-se que o Rimac Nevera tem quatro motores eléctricos a equipá-lo, com uma potência combinada de 1.914 cv e um binário máximo de 2.360 Nm. 

Uma bateria de lítio, manganês e níquel de 120 kWh resfriada por líquido alimenta todo o sistema motriz para uma autonomia em redor dos 547 quilómetros. 

Dos zero aos 100 km/hora demora 1,85 segundos, e a velocidade de ponta é batida aos 412 km/hora, bem longe das acelerações que o fundador da Rimac conseguiu na terra. 

Já segue o Aquela Máquina no Instagram?

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
comentário mais votado
Carlos Duarte Duarte   12:12 - 15-08-2020
O carro mijou-se todo
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.