Pesquisa
Super Carros

Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti

18:10 - 29-06-2016
  1
Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti
Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti Koenigsegg ONE:1 - é a sombra da Bugatti
Pode não ter o charme de um Bugatti Chiron, nem o luxo e o mediatismo da marca do Grupo VW, mas não há adjectivos para classificar o Koenigsegg One:1. É mais do que um super-carro e todos os valores que têm a ver com as performances são verdadeiros exageros. Só assim se explica que, na fase de homologação junto do serviço regulador alemão, o sistema informático tenha bloqueado pois não estava preparado para verificar potências com quatro dígitos.

Este modelo está equipado com um motor V8 de cinco litros de cilindrada que, graças a dois turbos, atinge os 1 000 kW, o que corresponde a 1 360 cv. O sistema teve de ser reprogramado para a homologação ser realizada.

Apenas serão produzidos seis unidades, e se o preço ronda os 1,5 milhões de euros (antes de impostos) todas as unidades estão vendidas. A estrutura monobloco que integra o chassis e a carroçaria é produzida em fibra de carbono, num processo semelhante ao utilizado pelos monolugares de Fórmula 1. Só pesa 72 kg, num total dos 1 360 kg anunciados para o modelo, o que permite concluir que para além do peso dos órgãos mecânicos é utilizado lastro para garantir a mais adequada repartição de massas. Mesmo assim garante uma relação peso/potência de 1kg por cv, o que ridiculariza qualquer outro super-desportivo seja ele o LaFerrari, o Porsche 918 Spyder ou até mesmo o Bugatti Veyron, porque o Chiron ainda não foi posto verdadeiramente à prova.

Toda a potência do motor desenvolvido pela própria Koenigsegg é transmitida às rodas traseiras por uma caixa automática de sete velocidades com dupla embraiagem. Para controlar este monstro há muita electrónica e muito trabalho realizado em túnel de vento para optimizar a aerodinâmica, onde as asas posteriores adaptativas reagem à velocidade para garantir apoio (força de cima para baixo para colar o carro à estrada) que pode variar entre os 610 e 830 kg.

Só enormes pneus especiais da Michelin com 19 polegadas à frente e 20 polegadas atrás, montados em jantes de carbono, permitem chegar aos 440 km/h, da mesma forma que apenas enormes discos de travão em material cerâmico permitem passar de 440 km/h a zero em 10 segundos.

O Koenigsegg One:1 é a evolução natural de um pequeno construtor sueco que começou a espantar o mundo dos automóveis em 1994. Por trás da marca está o seu fundador Christian von Koenigsegg, um apaixonado pela tecnologia e inovação. Começou por investigar no campo dos chips electrónicos, partindo do princípio que era possível desenvolver uma solução com mais memória do que os CD´s da altura; nunca teve apoio para avançar com as suas ideias originais, mas registou várias patentes até lançar o seu primeiro automóvel em 1994. Tinha 22 anos de idade e criou uma empresa que hoje produz os super-desportivos mais rápidos do mundo. Podem não ser os mais conhecidos, os mais procurados, mas estão entre os mais inovadores.

FICHA TÉCNICA

 
MOTOR 8 cilindros
CILINDRADA 5 000 cc
POTÊNCIA MÁXIMA 1 360 cv/8 250 rpm
BINÁRIO MÁXIMO 1 371 Nm/6 000 rpm
RELAÇÃO PESO/POTÊNCIA 1 Kg/cv
VELOCIDADE MÁXIMA 440 Km/h
0 a 100 Km/h 2,8 s
CONSUMO MÉDIO Não indicado
EMISSÕES DE CO2 Euro VI

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Utils/
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.