Pesquisa
Super Carros
AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides
22:47 - 24-06-2016
  16
AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides
AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides AMG GT R: um Mercedes GT com esteróides
A Mercedes apresentou o novo AMG GT R, uma evolução do radical AMG GT. A aerodinâmica e o motor foram revistos, num modelo radical ao nível das performances, capaz de fazer a diferença num coupé, que já se afirmou como um modelo de culto.

Ao nível da forma, para além do desenho da grelha – a alteração mais evidente –, que nos remete para o passado de modelos de competição que somaram sucessos, a carroçaria é mais larga à frente (4,6 centímetros) e atrás (mais 5,7 centímetros), o que permitiu dilatar as vias para potenciar o comportamento dinâmico.

A forma dos pára-choques foi estudada em túnel de vento para melhorar a eficácia aerodinâmica e as asas foram repensadas. Com todas estas alterações, o AMG GT R garante mais 155 kg de carga aerodinâmica, sem falar na evolução da plataforma que permite um melhor escoamento do ar que passa sob o coupé.

A refrigeração também ditou alterações: importava garantir mais ar no compartimento do motor e melhor refrigeração da caixa de velocidades e dos travões.

A suspensão foi repensada e as barras de torção são mais rígidas. A Mercedes adoptou um sistema auto-direccional que permite que as rodas traseiras tenham 15 graus de amplitude na abordagem às curvas para melhorar a estabilidade direccional. O controlo de tracção foi reprogramado para responder às novas exigências colocadas pelo AMG GT R, mas o condutor pode escolher a configuração que considere ideal com um comando que permite regular o controlo de tracção e o funcionamento do diferencial autoblocante traseiro em três posições: On, Sportb Handling e Off. Cada um sabe de si...

O bloco V8 não foi muito alterado face ao que está disponível no GT S. É um gasolina com 3 982 cc de cilindrada, que, graças a dois turbos, passa a debitar uns impressionantes 585 cv de potência, mais 75 cv do que os disponíveis no AMG GT S (510 cv).

Este AMG GT R pesa 1 630 kg, menos 15 kg do que o AMG GT, graças à utilização de matérias mais leves, como a fibra de carbono, que também ajudaram a aumentar a rigidez estrutural.

A Mercedes anuncia uma aceleração de 0 a 100 km/h em meros 3,6 segundos e diz que é possível chegar aos 318 km/h, uma evolução que só os mais sensíveis poderão notar, porque o AMG GT S passa de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos e é capaz de atingir os 310 km/h.

A caixa de velocidades AMG Speedshift DCT-7 é a mesma que surge nos restantes AMG, mas a relação da primeira velocidade é mais longa e a sétima é mais curta, para vincar o carácter desportivo.

Este Mercedes AMG GT R é um modelo especial e só está disponível em "Green Hell Magno" e por isso já foi apelidado de "Besta Verde"...
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.