Pesquisa
Segurança
Tesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSA
18:09 - 25-09-2018
 
Tesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSA
Tesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSATesla Model 3 teve nota máxima em todos os “crash tests” da NHTSA
Tentaram capotar o Tesla Model X… mas não conseguiram!

A National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), a organização responsável pelos testes de segurança de veículos nos Estados Unidos, já realizou os testes de colisão ao Tesla Model 3.

Este modelo tem estado "debaixo de fogo" desde que começou a ser produzido, já que só recentemente a marca de Elon Musk conseguiu aumentar a produção deste modelo ao ponto de corresponder ao fluxo de encomendas. Mas isso não impediu o Model 3 de "brilhar" nos "crash tests" da NHTSA.

Tal como já tinha acontecido com os restantes modelos da marca, o Model S e o Model X, o Tesla Model 3 alcançou nota máxima de cinco estrela, com a diferença de que também "marcou" a nota máxima em todas as categorias testadas.

Recorde-se que na NHTSA, o teste de colisão frontal, por exemplo, é feito a uma velocidade de 56 km/h, pelo que teremos que aguardar pelos testes da IIHS (Insurance Institute for Highway Safety), onde este mesmo teste é feito a 64 km/h e os testes reflectem melhor aquilo que acontece com o organismo europeu equivalente, a Euro NCAP.

Apesar dos vários acidentes que já aconteceram com o famoso sistema Autopilot, a verdade é que os Tesla continuam a estar entre os automóveis mais seguros do mercado.

Tal como acontece com todas as plataformas concebidas para eléctricos, o espaço livre na dianteira, onde estaria um motor a combustão nos modelos "convencionais", permitiu criar uma zona de deformação mais eficaz na absorção da energia criada pelo impacto. Isto já para não falar do facto das baterias estarem colocadas junto ao chão, dificultando o capotamento, tal como o vídeo abaixo mostra.

Tentaram capotar o Tesla Model X… mas não conseguiram!

 

Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.