Pesquisa
Salões
O que esperar da próxima edição do CES?
14:30 - 23-12-2016
  46
O que esperar da próxima edição do CES?BMW HoloActive TouchMercedes Generation EQMercedes Generation EQMercedes Vision VanFaraday FutureChrysler PacificaNissan NeuVO que esperar da próxima edição do CES?Hyundai Ioniq totalmente autónomoHyundai Ioniq totalmente autónomoVolkswagen "Minivan" ConceptVolkswagen Budd-E ConceptVolkswagen I.D. ConceptRinspeed Oasis ConceptRinspeed Oasis ConceptRinspeed Oasis Concept
O que esperar da próxima edição do CES?BMW HoloActive TouchMercedes Generation EQMercedes Generation EQMercedes Vision VanFaraday FutureChrysler PacificaNissan NeuVO que esperar da próxima edição do CES?Hyundai Ioniq totalmente autónomoHyundai Ioniq totalmente autónomoVolkswagen "Minivan" ConceptVolkswagen Budd-E ConceptVolkswagen I.D. ConceptRinspeed Oasis ConceptRinspeed Oasis ConceptRinspeed Oasis Concept
A Consumer Electrics Show (CES), que abre as portas de 5 a 8 de Janeiro de 2017, em Las Vegas, é uma das feiras electrónicas mais importantes do mundo. Mas nos últimos anos tem captado a atenção de muitos fabricantes automóveis, que escolhem este palco para apresentar as suas visões de futuro e de presente para os seus carros.

E a sensivelmente duas semanas de distância da próxima edição, são muitas as novidades que já foram anunciadas. E nós contamos-lhe tudo!

BMW.
Denominado "HoloActive Touch", a BMW vai apresentar uma "interface" revolucionária que vai permitir ao condutor comunicar com o veículo. Trata-se de uma espécie de holograma virtual que pode ser controlado por gestos.

A fabricante germânica afirma que este sistema permite combinar três tecnologias que estão actualmente presentes nos modelos Série 5 e 7 da marca da Baviera: "head-up display", controlo por gestos e o ecrã táctil.

Esta imagem virtual é gerada através do "uso inteligente de reflexos" e estará visível para o condutor ao lado do volante, à altura da consola central. "Uma câmara segue os movimentos das mãos do condutor e detecta qual a posição dos seus dedos. Quando um dedo faz contacto com uma destas superfícies de controlo virtual, é emitido um pulso e a referida função é activada", explica a BMW.

Esta tecnologia "HoloActive Touch" faz parte do estudo "BMW i Inside Future" e pretende mostrar como será a experiência entre o condutor e os automóveis autónomos e altamente conectáveis do futuro.

Mercedes.
A marca de Estugarda vai mostrar o concept Generation EQ que apresentou no Salão Automóvel de Paris, juntamente com a Vision Van, que não é mais do que um estudo que pretende mostrar como serão as carrinhas do futuro.

O foco da Mercedes na CES será a nova estratégia a que a marca chama "CASE", de Connected, Autonomous, Shared & Service e Electric Drive.

"A nossa estratégia CASE vai ajudar-nos a moldar o futuro da mobilidade", afirmou Ola Kallenius, da Membro do Conselho de Administração da Daimler. "O objectivo é fazer do carro uma plataforma para futuros conceitos de mobilidade e um espaço que ofereça uma experiência digital. O automóvel dp futuro deve ser ligado em rede, autónomo, sem emissões e deve oferecer a possibilidade de mobilidade partilhada", concluiu.

Faraday Future.
Depois de apresentar o hípercarro FFZero1 na última edição do CES, a marca que está sediada em Los Angeles vai apresentar o primeiro modelo de produção, um SUV, que apesar de ainda não ter nome (pelo menos ainda não foi feito nenhum anúncio…), sabe-se que passará dos 0 aos 100 km/h em menos de três segundos, sendo que este modelo já tem a mira apontada ao Tesla Model X.

Grupo FCA. O Grupo Fiat Chrysler Automobiles escolheu revelar o seu próximo modelo na CES, deixando para trás o Salão Automóvel de Detroit, o que revela muito de como a indústria automóvel está a encarar esta feira electrónica. Trata-se de uma versão totalmente eléctrica baseada na Chrysler Pacifica, ainda que os rumores apontem para que se trate de um modelo destinado exclusivamente ao mercado norte-americano.

É também conhecido que o Grupo FCA está a trabalhar no desenvolvimento de um programa de condução autónoma, que também poderá ser revelado nesta edição do CES.

Honda.
A fabricante japonesa vai mostrar o concept NeuV, um "estudo" repleto de tecnologia e que até conta com inteligência artificial. A Honda garante que este carro vai interagir com o condutor de uma maneira nunca antes vista.

Este motor emocional do Honda NeuV vai permitir que o carro interaja com os passageiros e proporcione uma melhor experiência de viagem.

Mas o mais curioso é que a Honda nem se refere ao NeuV como sendo um carro. A marca japonesa prefere o rótulo de "solução de mobilidade". Ainda assim, teremos que aguardar pelo anúncio público deste NeuV para perceber se ele também nos vai conseguir despertar emoções.

Hyundai.
Outro dos destaques desta edição do CES vai ser a demonstração do Hyundai Ioniq totalmente autónomo. Esta tecnologia, que se espera que seja implementada nos modelos de produção da fabricante sul-coreana antes do final da década será demonstrada com vários "concepts" que andarão "sozinhos" pelas ruas de Las Vegas.

Recorde-se que este modelo já tinha sido mostrado durante o Salão Automóvel de Los Angeles. Contudo, e apesar de vários quilómetros de testes junto à base da Hyundai na Coreia do Sul, a marca optou por não mostrar o carro nas estradas de Los Angeles, deixando esse momento reservado para Las Vegas e para o CES.

Volkswagen.
Na passada edição do CES, a Volkswagen revelou o concept Budd-e, pelo que a expectativa para este ano está alta. Depois de apresentar o I.D. concept no Salão de Paris, espera-se que a marca de Wolfsburgo possa agora revelar o segundo concept da estratégia eléctrica que será implementada na próxima década.

Trata-se de uma versão eléctrica do famoso modelo Minibus, ou pão-de-forma, como acabou por ficar conhecido.

Mas porque a visão da VW para o futuro não passa apenas pelos veículos, espera-se que a apresentação da Volkswagen no CES aborde a forma como a VW olha para o futuro da mobilidade, mostrando a sua visão para os automóveis autónomos e para as opções de conectividade do futuro.

Rinspeed.
A empresa suíça Rinspeed vai levar ao CES a sua mais recente proposta no campo da mobilidade urbana. Trata-se do Oasis Concept, e foi criado para ser compacto e funcional, capaz de acomodar dois passageiros.

Os seus grandes trunfos são um volante multifunções (que pode transformar-se em mesa de trabalho ou emteclado), um pára-brisas com tecnologia de realidade aumentada e um espaço verde junto ao tablier, que transforma este Oasis numa espécie de estufa sobre todas.

Se estiver com vontade de conduzir, o Oasis deixa que assuma essa missão. Mas se por outro lado tiver trabalho para adiantar ou quiser descontrair, saiba que ele terá problema nenhum em "transformar-se" numa "máquina" autónoma.

São muitas as propostas que os fabricantes automóveis vão mostrar no CES. Quer sejam automóveis ou simplesmente propostas no campo da tecnologia, a visão da indústria automóvel para o futuro mudou muito nos últimos anos. E hoje em dia, é impossível imaginar um futuro sem carros conectados, sem tecnologia de condução autónoma e sem mobilidade eléctrica. Resta saber a que distância (em anos) estamos dessa realidade…
Faltam 300 caracteres
Comentário enviado com sucesso
Subscrever Newsletter
pub
×
Enviar artigo por email

Restam 350 caracteres

×
Para poder adicionar esta notícia aos seus favoritos deverá efectuar login. Caso não esteja registado no site de Aquela Máquina, efectue o seu registo gratuito.